Tags: ENEM

Está se preparando para o Enem, vestibular ou concurso público e precisa conhecer os temas de redação que podem cair na prova?

Saiba, então, que, neste artigo, você vai ficar por dentro dos assuntos mais cotados.

De quebra, ainda encontra dicas de como fazer uma boa redação.

É só avançar no texto e acompanhar até o final.

Boa leitura!

Aqui você vai conferir:
A importância de uma redação
Características
Tipos de redação
O que é tema em uma redação?
Como estudar temas de redação?
10 temas de redação atuais para treinar
Exemplos de redação com tema livre
Quais possíveis temas da redação do Enem?
3 temas de redação com textos motivadores
5 temas de redação para concurso
Temas de redação do Enem anteriores
4 dicas para fazer uma boa redação
Conclusão

Descubra os segredos para tirar nota 1000 na redação do ENEM!

A importância de uma redação

Você, certamente, compreende a importância da comunicação, não é mesmo?

É a partir dela que transmitimos informações, fatos, desejos e pedidos, por exemplo.

A principal forma de comunicação é a verbal, que compreende a fala e a escrita.

Na escrita, há a redação.

Ela é a expressão em forma de texto.

Portanto, para que os interlocutores consigam se comunicar, a redação precisa ser bem estruturada.

Do contrário, podem surgir os ruídos que prejudicam o conteúdo da mensagem.

>>> Leia também: tudo o que você precisa saber sobre o Enem

Características

Já sabemos que a redação é um texto, certo?

Esse texto pode ter estrutura e linguagem distintas de acordo com o gênero textual.

Sendo assim, as características de uma redação variam.

Uma carta, por exemplo, tem elementos que outros textos não possuem, como cabeçalho e assinatura.

Já uma crônica é baseada em fatos do cotidiano, diferentemente de uma resenha, que é uma síntese de uma obra construída a partir de uma análise.

Viu só como os gêneros textuais são diferentes?

Tipos de redação

Além dos gêneros textuais, existem os tipos de redação.

Os três principais são:

Redação narrativa

Narra uma história, real ou fictícia, em primeira ou terceira pessoa.

Nessa redação, também há enredo, personagens, espaço e tempo.

Redação dissertativa

Apresenta um tema a partir de um ponto de vista.

Pode ser dissertativo-argumentativa, que utiliza argumentos para defender uma tese, e dissertativo-expositiva, que expõe as informações com o intuito de informar o leitor.

Conheça outras características da redação dissertativa.

Redação descritiva

Descreve algo ou alguém.

Pode ser descritiva objetiva, que utiliza elementos concretos como características físicas, ou descritiva subjetiva, que utiliza opiniões pessoais do autor.

O que é tema em uma redação?

A maioria das redações solicitadas em vestibulares, concursos públicos e até mesmo em processos seletivos sempre vêm acompanhadas de um tema.

Se você já fez alguma redação assim, deve saber do que se trata.

Mas há quem desconheça o conceito ou confunda com título.

E, embora sejam parecidos, eles são coisas distintas.

Por isso, vale esclarecermos o que é o tema.

Bem, o tema é o assunto a ser abordado no texto.

É a partir dele que o autor vai discorrer.

Ele funciona, portanto, como uma diretriz de conteúdo.

Os temas podem ser infinitos.

Em provas, eles costumam estar relacionados a algumas categorias, como educação, saúde, meio ambiente, cultura, economia, entre outros.

>>> Leia também: como fazer a proposta de intervenção da redação do Enem + Exemplos

Como estudar temas de redação?

temas de redacao como estudar temas

Agora que você já sabe o que é um tema de redação e conhece as características dos diferentes tipos, podemos avançar ainda mais no assunto deste artigo.

Vamos, então, descobrir como estudar temas de redação:

Fique atento aos fatos

É muito comum as bancas definirem os temas de redação com base em assuntos atuais e controversos.

Por isso, é fundamental se manter atualizado sobre o que acontece no Brasil e no mundo.

Crie o hábito de assistir aos noticiários e ler diariamente alguns portais ou jornais impressos.

Também vale recorrer aos podcasts.

Veja temas de outras redações

Para ficar por dentro do que as bancas estão propondo e até mesmo se inspirar, vale consultar os temas de outras redações.

Além de conferir as propostas, você pode ler os textos que obtiveram nota máxima.

Assim, você assimila a forma como o conteúdo é desenvolvido a partir do tema.

Pesquise as tendências de assuntos

Todos os anos, pouco antes do ENEM e dos principais exames vestibulares, professores e sites de educação divulgam os temas mais cotados.

Portanto, procure acompanhar as tendências que são anunciadas.

Dessa forma, você se antecipa e tem tempo de se informar sobre cada um dos assuntos.

10 temas de redação atuais para treinar

Alguns assuntos estão em voga e têm sido temas recorrentes em redações.

Confira a seguir seis temas atuais para você treinar seu texto:

  1. Racismo e desigualdade social
  2. Crise mundial e econômica
  3. Valorização do SUS
  4. Impacto e combate das Fake News
  5. Dificuldade da universalização do saneamento básico no Brasil
  6. Saúde mental pós-pandemia
  7. Evasão escolar e domiciliar
  8. Cultura do Cancelamento
  9. Violência doméstica
  10. Mobilidade Urbana
>>> Leia também: 100 anos da Semana de Arte Moderna: como o tema pode cair no Enem 2022

Exemplos de redação com tema livre

Dificilmente, a proposta de uma redação é livre.

Mas, quando isso acontecer, você deve escolher um tema relacionado ao objetivo do texto.

Em processos seletivos, por exemplo, vale dissertar sobre as suas características profissionais ou os desafios que já encontrou em outras experiências.

Agora, se estiver produzindo uma redação para vestibular ou exames similares, opte por redigir sobre assuntos polêmicos.

No blog Imaginie, você encontra mais de 150 redações com temas diversos para se inspirar. Abaixo, trouxemos três exemplos:

  • Exemplo de redação sobre o tema: o aumento da depressão entre os jovens no Brasil

Para Platão, filósofo da Antiguidade, um ponto pessoal realmente importante é viver com qualidade de bem estar. Entretanto, esse princípio não é comum a adolescentes brasileiros que possuem depressão, o que configura-se, pois, como um problema a ser resolvido. Dessa forma, é válido analisar que as taxas dessa doença mental têm crescido, principalmente, devido à fluidez nas relações contemporâneas e, como resultado, persiste em trazer contextos danosos às vítimas do impasse.

De início, é preciso entender que, assim como o sociológico Zygmunt Bauman alega, a sociedade, em geral, não apresenta relações de solidez entre cidadãos. Nesse sentido, o afeto interpessoal torna-se escasso e, por consequência, as pessoas muitas vezes passam a ser individualistas. Contudo, é necessário destacar que, para dispor de uma vida plena, são necessárias comunicações de intimidade entre seres humanos, uma vez que, sem elas, o indivíduo passa a guardar sentimentos como angústia para si, às vezes enfrenta problemas e, em muitos casos, não consegue resolve-los sozinhos. Com efeito, ainda mais no meio juvenil, os indivíduos desenvolvem ansiedade e, como resultado, a depressão torna-se ainda mais presente na realidade adolescente.

Diante disso, ainda convém compreender as consequências desse cenário. Primeiro, observa-se que a problemática tende a diminuir o desempenho escolar do jovem. Isso porque eles passam a depreciar as condições sociais e, consequentemente, perdem interesse em várias questões, inclusive nas atividades educativas. Acresce, ainda, que os efeitos do impasse podem ser fatais, porquanto, se o caso não for tratado, o estado da depressão pode partir para níveis mais severos, a ponto de a pessoa perder total interesse na vida e, conseguinte, praticar atos que forem seu próprio ser. Á vista disso, nota-se a necessidade de combate ao contratempo, mesmo porque, segundo a Organização Mundial da Saúde, cresceu mais de 700% nos últimos 16 anos no Brasil. 

Portanto, a situação precisa ser urgentemente revertida. Para isso, membros do Ministério da Saúde, em colégios, devem palestrar de modo a ensinar as causas, danos e prevenções da doença, a fim de que esse mal seja cada vez menor no cenário jovem. A mídia, por sua vez, tem a opção de, em programas e jornais, propagar formas de os pais notarem sintomas da depressão em seus filhos, para que, assim, eles possam levar sua prole para o tratamento recomendado. Com o fito de tornar essa medida mais efetiva para indivíduos pobres, em seu programa público, o Ministério da Saúde deve decretar urgência a todos os casos de depressão na juventude e, além disso, garantir consultas de, no mínimo, seis meses com psicólogos. Destarte, se tomadas essas condutas, conceitos platônicos sobre o viver bem, felizmente, serão mais frequentes entro o público adolescente brasileiro. 

  • Exemplo de redação sobre o tema: a manipulação de imagem nas redes sociais e seus malefícios à saúde mental

Na entrada do Oráculo de Delfos, monumento da Grécia Antiga, possuía a frase do pensador Sócrates: ”Conhece-te a te mesmo”. Notadamente, uma referência a importância da valorização do indivíduo. Nesse sentido, é de suma importância analisar a questão da manipulação de imagens nas redes sociais e os seus efeitos na saúde mental, um produto de uma sociedade não alinhada ao pensamento socrático. Desse modo, percebe-se como ferramentas que fomentam tal cenário, não só um sistema educacional deficitário, como também a não efetivação das garantias constitucionais. 

A princípio, o professor Paulo Freire dissertou sobre a pedagogia libertadora, uma alusão à educação crítica a serviço da transformação sociocultural. No entanto, ao perceber a manipulação de imagem na web, nota-se um corpo social distante de um posicionamento dialético. Nessa lógica, observa-se, sobretudo, a homogeneização de padrões, os quais mitigam a individualidade e, consequentemente, tende a desencadear problemas psíquicos, dado que a percepção ilusória e a tangível entram em confronto. Dessa maneira, verifica-se um sistema educacional deficitário, o qual não dialoga com as ideias freireanas e, portanto, não consegue formar cidadãos mais críticos quanto aos comportamentos da pós-modernidade. 

Outrossim, a Constituição Federal explicita que é dever do Estado proporcionar um ambiente harmônico a todos. No entanto, a realidade expõe uma contrariedade. Esse paradoxo expressa-se, na verdade, à medida que não há políticas públicas eficientes, com o fito de dirimir a manipulação de imagens nas redes sociais e seus efeitos à saúde mental, mediante, por exemplo, atenuar os emblemas relacionados à educação, como já supracitado. Nessa perspectiva, os fatos expostos ecoam o Enigma da Modernidade, o qual explicita que, apesar de a sociedade ser avançada em suas razões teóricas, é, por sua vez, primitiva em suas razões éticas. À vista disso, a dissonância entre a narrativa factual e a Carta Magna precisa ser solucionada. 

Logo, é fundamental que o Poder Executivo, por meio do debate com o Ministério da Educação, realize uma reforma educacional, a fim de formar indivíduos mais críticos aos comportamentos homogêneos. Posto isto, é importante que tal ação foque, principalmente, nas ideias de Freire. Ademais, é imprescindível que o Terceiro Setor, aliado à mídia, desenvolva campanhas publicitárias- por intermédio de depoimentos de cientistas sociais- que explicitem que é dever do Estado criar políticas públicas, com o intuito de efetivar os dispositivos constitucionais. Dessa forma, resolver-se-ão as questões associadas à manipulação de imagens nas redes sociais e seus impactos à saúde mental e, por fim, alcançar-se-á o anseio de Sócrates.  

  • Exemplo de redação sobre o tema: violência policial contra negros no Brasil e no mundo

A minissérie norte-americana “Olhos que Condenam” discorre sobre a trajetória de quatro jovens negros de periferia que conviveram com a opressão policial e foram coagidos pela polícia a confessar um crime que eles não haviam cometido. De fato, observa-se que a temática abordada na obra revela a manutenção de uma herança histórico-cultural de discriminação racial no Brasil e no mundo, a qual se manifesta dentro das diversas instituições sociais e subjuga a população afrodescendente. Nesse sentido, é primordial analisar a relevância de se garantir a cidadania a essa minoria, bem como os efeitos da atribuição de uma identidade pejorativa a esses indivíduos.  

É válido ressaltar, nessa linha de raciocínio, que a garantia dos fundamentos constitucionais de uma nação à sociedade constitui um dos pilares intrínsecos à efetivação de uma democracia. Essa questão vai ao encontro ao conceito de cidadania para o sociólogo britânico Thomas Humphrey Marshall, o qual pode ser definido como a garantia de todos os direitos políticos, civis e sociais à totalidade dos cidadãos. Nessa perspectiva, percebe-se que o papel das instituições policiais de assegurar a dignidade e, mormente, a segurança da população se faz imprescindível não só para a promoção da coesão social, mas também para a concretização da cidadania das minorias, como os negros. 

Em contrapartida, infere-se que, na contemporaneidade, as relações interpessoais são, reiteradamente, marcadas pela atribuição de valores negativos a grupos que não se adequam à normatividade imposta pela sociedade. Tal fenômeno é ratificado pelo conceito de estigma social, o qual foi proposto pelo sociólogo canadense Erving Goffman e evidencia que o sentimento de inferioridade proveniente da imposição de uma identidade negativa a determinados indivíduos contribui para a marginalização social. Por conseguinte, denota-se que a estigmatização a que os negros tem sido submetidos fomenta a associação dessa minoria à criminalidade, o que corrobora a opressão policial vista na minissérie “Olhos que Condenam” e em episódios como o assassinato de George Floyd. 

Depreende-se, portanto, que a atribuição de uma identidade negativa à população afrodescendente representa um impasse para a efetivação da cidadania dessa minoria. Posto isso, com vistas a desconstruir a herança histórico-cultural de discriminação racial, urge que o Ministério da Educação crie, por meio de parcerias com redes de televisão, campanhas publicitárias que serão expostas nos intervalos das programações televisivas. Essa medida deverá promover a empatia dos telespectadores, explicitando a relação entre a associação dos negros à criminalidade e a ineficaz garantia da dignidade e da segurança a esses indivíduos. Somente assim, poder-se-á por um fim à violência policial, criando um contraste entre a realidade e a temática abordada na minissérie “Olhos que Condenam”. 

Quais possíveis temas da redação do Enem?

temas de redacao quais os possiveis enem 2020

O Enem é um dos maiores exames do país, e a redação é, certamente, uma parte importante dele.

Para se ter ideia, em 2019, dos quase quatro milhões de candidatos, apenas 53 pessoas obtiveram a nota máxima na redação. 

Ou seja, alcançar os mil pontos não é uma tarefa simples, mas estudar os possíveis temas é algo que pode ajudar - e muito!

Além dos temas que mencionamos no tópico "10 temas de redação atuais para treinar", existem outros assuntos que merecem sua atenção. Confira quais são:

  • Desastres ambientais: Amazônia e Pantanal “em chamas”;
  • O combate às epidemias no Brasil;
  • Influência dos algoritmos na opinião das pessoas;
  • Polarização da política;
  • Digitalização dos relacionamentos e importância da tecnologia.

3 temas de redação com textos motivadores

Os textos motivadores são os conteúdos de apoio para o tema da redação.

Eles compõem a proposta da redação.

Portanto, você encontra os textos motivadores nos enunciados.

Um documento da Universidade Estadual do Ceará listou algumas propostas de temas de redação e seus respectivos textos motivadores.

Confira a seguir três deles:

Tema: O trabalho escravo no Brasil atual: caminhos para a superação 

“De acordo com o artigo 149 do Código Penal brasileiro, são elementos que caracterizam o trabalho análogo ao de escravo: condições degradantes de trabalho (incompatíveis com a dignidade humana, caracterizadas pela violação de direitos fundamentais coloquem em risco a saúde e a vida do trabalhador), jornada exaustiva (em que o trabalhador é submetido a esforço excessivo ou sobrecarga de trabalho que acarreta a danos à sua saúde ou risco de vida), trabalho forçado (manter a pessoa no serviço através de fraudes, isolamento geográfico, ameaças e violências físicas e psicológicas) e servidão por dívida (fazer o trabalhador contrair ilegalmente um débito e prendê-lo a ele). Os elementos podem vir juntos ou isoladamente. O termo ―trabalho análogo ao de escravo‖ deriva do fato de que o trabalho escravo formal foi abolido pela Lei Áurea em 13 de maio de 1888. Até então, o Estado brasileiro tolerava a propriedade de uma pessoa por outra não mais reconhecida pela legislação, o que se tornou ilegal após essa data. Não é apenas a ausência de liberdade que faz um trabalhador escravo, mas sim de dignidade. Todo ser humano nasce igual em direito à mesma dignidade. E, portanto, nascemos todos com os mesmos direitos fundamentais que, quando violados, nos arrancam dessa condição e nos transformam em coisas, instrumentos descartáveis de trabalho. Quando um trabalhador mantém sua liberdade, mas é excluído de condições mínimas de dignidade, temos também caracterizado trabalho escravo.”

Fonte: https://reporterbrasil.org.br/trabalho-escravo/

Tema: Desafios do desenvolvimento dos hábitos de leitura

“A leitura dissolve a ignorância. O hábito de ler é de suma importância na vida de cada pessoa, porque é através da leitura que a sociedade descobrirá mais sobre o seu mundo, e cada indivíduo, saberá mais sobre si mesmo. Durante a leitura a pessoa descobre um mundo novo, cheio de coisas, até então desconhecidas, e ao final de cada livro, ela já terá adquirido novos conhecimentos e ideias, que certamente expandirão seus horizontes. [...] Somente a leitura é capaz de proporcionar a contemplação de mundos, até então inimagináveis, além de ser uma forma pura de adquirir conhecimento; porque não há conhecimento a ser desprezado. Toda forma de saber, e se informar, é sempre bem-vinda. [...] A leitura tem a função primordial de despertar e proporcionar conhecimentos básicos que venham contribuir para a construção integral da vida de um indivíduo na sociedade, e no seu exercício de cidadania. A falta de tempo não é desculpa, principalmente, quando já se sabe que apenas a leitura oferecerá vários conhecimentos e vários aprendizados.[...] É preciso ler e compreender, para poder opinar, criticar e modificar situações. Diante de tudo isso, sabe-se que o mundo da leitura, pode transformar e enriquecer, culturalmente e socialmente, o ser humano.”

Disponível em: http://www.gazetadebeirute.com/2013/08/a-leitura-dissolveignorancia.html

Tema: A valorização da matriz indígena na composição da diversidade cultural do Brasil

No Ceará, índios protestam contra a transferência de demarcação de terras da Funai para a Agricultura

“O grupo foi à Defensoria Pública da União (DPU) e ao Ministério Público Federal (MPF) onde deu entrada em documentos para ações judiciais. De acordo com a liderança indígena do Pitaguary Maracanaú, Maria da Conceição Alves Feitosa, conhecida como Ceiça Pitaguary, as terras indígenas estão ameaçadas. "Seremos prejudicados. Por isso essa marcha para tentar sensibilizar as autoridades competentes. As terras indígenas estão sendo invadidas em vários locais e ocupadas ilegalmente, após a aprovação da Medida assinada pelo presidente Jair Bolsonaro", disse. O protesto teve início às 8 horas na Praça Luíza Távora. Na ocasião, houve a entrega do livro Violações de Direitos Indígenas no Ceará: Terra, Educação, Previdência e Mulheres, aos grupos que estavam presentes.”

5 temas de redação para concurso

Os temas de concurso público não diferem muito dos assuntos propostos em vestibulares.

Pode-se dizer, portanto, que a tendência se baseia nos seguintes temas:

  1. Mudanças na forma de trabalho
  2. Ética na sociedade contemporânea
  3. Violência urbana no Brasil
  4. Movimento indígena no Brasil
  5. Uso de tecnologias no nosso dia a dia.
>>> Leia também: Bicentenário da Independência no Enem: como o assunto pode cair

Temas de redação do Enem anteriores

Estudar os temas de redação envolve também consultar os assuntos já abordados anteriormente.

Confira os temas de redação do Enem das últimas cinco edições:

  • 2015 - A persistência da violência contra a mulher no Brasil
  • 2016 - Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil
  • 2017 - Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil
  • 2018 - Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet
  • 2019 - Democratização do acesso ao cinema no Brasil.
  • 2020 - O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira
  • 2021 - Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil

4 dicas para fazer uma boa redação

temas de redacao 4 dicas para fazer uma boa

Existem inúmeras recomendações e técnicas para fazer uma boa redação.

Listamos aqui quatro dicas principais e infalíveis para você escrever um texto matador.

Acompanhe:

Leia a proposta com atenção

Atente-se ao tema da redação e aos textos motivadores.

Certifique-se de que não há nenhuma dúvida sobre o assunto e inspire-se nos materiais de apoio.

Relacione seus argumentos

Antes de começar a escrever, é importante elencar os argumentos que serão trabalhados no texto.

Portanto, faça uma lista com todos as informações, dados e fatos que você tem para apresentar.

Mantenha a coesão e a coerência

Uma boa redação é coesa e coerente.

Leia e releia seu texto quantas vezes for preciso para garantir que há uma linha lógica e clareza na mensagem.

Revise a ortografia

Ao final, depois de escrever todo o seu texto no rascunho, faça uma revisão.

Procure por erros de gramática e corrija-os antes de passar a redação a limpo.

>>> Leia também: o que mais cai em filosofia no Enem? Temas, filósofos e questões

Conclusão

O que achou dos temas de redação? 

Você pôde perceber que os assuntos são, na maioria, atuais e polêmicos, certo?

Por isso, mantenha-se sempre atualizado aos fatos que estão em evidência e pesquise informações para agregar ainda mais conhecimento.

Certamente, isso vai ajudar na construção da sua redação.

Gostou deste artigo? Que tal ver outros conteúdos em nosso blog?

Confira algumas sugestões:

Baixe agora mesmo 100 questões do ENEM e comece a estudar!

Inscreva-se no Blog do EAD PUCPR

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se.

Modelo de currículo para
conquistar a vaga dos sonhos:

New call-to-action
O que você achou dessa publicação?
Deixe seu comentário aqui.