menina segurando diploma com as mãos erguidas para o alto, em comemoração.

Crédito da Foto: Grupo Polyndia

À primeira vista, o termo portador de diploma pode soar como algo enigmático.

Mas, na verdade, é uma expressão muito simples e fácil de entender.

Compreender o que é ser um portador de diploma e as vantagens disso, sobretudo para cursar uma segunda graduação, é fundamental para tomar as decisões certas sobre o seu futuro profissional.

Afinal, educação e carreira são duas coisas que precisam andar sempre juntas e em harmonia.

E, então, animado para descobrir tudo sobre o assunto? É só avançar na leitura e acompanhar até o final!

Aqui você vai conferir:
O que é ser um portador de diploma?
As vantagens em ser um portador de diploma
Como funciona o processo de portador de diploma?
Motivos para ser um portador de diploma e investir na segunda graduação
Onde posso estudar como portador de diploma?
Conclusão

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O que é ser um portador de diploma?

Ser um portador de diploma significa já ter cursado e concluído uma graduação.

O diploma é um documento emitido por uma instituição de ensino e serve para comprovar a conclusão de um curso e o grau acadêmico.

Ele, inclusive, atesta as competências e habilita o portador a exercer as atividades da profissão.

Para quem é indicado?

O termo portador de diploma é usado, normalmente, para designar alguém que tem uma formação e deseja ingressar em uma segunda faculdade.

Nesse caso, o diploma funciona como o meio de acesso do candidato no novo curso.

A segunda graduação é recomendada para diferentes momentos e ocasiões, mas, de modo geral, serve para quem pretende mudar de profissão e seguir por um caminho distinto ou ampliar os conhecimentos de determinada área.

As vantagens em ser um portador de diploma

Portar um diploma tem diversas vantagens.

Confira só as principais:

Conhecimento

Talvez, um dos benefícios mais preponderantes do diploma esteja relacionado aos conhecimentos adquiridos com a conquista do título.

Afinal, ao fazer uma faculdade, você aprende diversos conceitos e técnicas da área escolhida.

Além disso, a troca de experiências com professores e colegas também é bastante enriquecedora.

Networking

Essa relação com outros profissionais e alunos, inclusive, faz parte de outra grande vantagem: o networking.

É na faculdade que a sua rede de contatos começa a ser criada e é fortalecida.

Os professores, por exemplo, podem te indicar para as vagas de estágio.

Os colegas que conseguem estagiar também costumam compartilhar as oportunidades que aparecem em suas empresas.

Empregabilidade

O diploma também aumenta as chances de empregabilidade.

Uma pesquisa do Banco Mundial revelou que as pessoas com curso superior têm 20% mais chances de conseguir um emprego.

Salário

Além de sair na frente da concorrência por uma vaga, a remuneração também representa outro diferencial.

Segundo dados da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), ter uma graduação faz dobrar o salário. 

Oportunidade

Ser portador de diploma é ainda uma oportunidade de ampliar os horizontes.

Depois da graduação, é possível fazer uma especialização.

Ou, então, cursar uma segunda faculdade.

Dessa vez, com um processo de ingresso facilitado.

>>> Leia mais: 5 razões para você escolher um tecnólogo

Como funciona o processo de portador de diploma?

Homem jovem segurando diploma.

Crédito da Foto: Grupo Polyndia

Quem é portador de diploma e pensa em fazer uma segunda graduação não precisa passar pelo processo seletivo tradicional.

Ou seja, não tem a necessidade de fazer o exame vestibular

O candidato deve utilizar o diploma para realizar a inscrição no curso desejado.

Presencial x EAD

A segunda faculdade pode ser presencial ou a distância, independentemente da modalidade cursada na primeira graduação.

Na presencial, o aluno assiste às aulas presencialmente, todos os dias no câmpus.

Já no EAD, o curso é feito a distância, podendo ser realizado totalmente online, com encontros presenciais apenas para provas e atividades específicas.

Há ainda, dentro do modelo EAD, a graduação semipresencial, na qual o aluno estuda os conteúdos online e tem aulas práticas presenciais.

Nesse caso, o cronograma pode contemplar encontros semanais ou quinzenais, por exemplo.

E, por falar em diploma e modalidade, vale destacar uma informação importante.

O formato escolhido não interfere no peso do documento.

Aliás, não há nenhuma discriminação sobre o curso ser presencial ou EAD no diploma.

Portador de diploma tem desconto?

Além da facilidade no ingresso para portador de diploma, os já graduados costumam ter desconto das instituições de ensino para fazer a segunda graduação.

Na PUCPR, o diploma de ensino superior concede bolsa de 20% em todo o curso para os novos estudantes.

>>> Leia também: como conseguir uma bolsa de estudos EAD

Como ingressar como portador de diploma?

Como o portador de diploma não precisa fazer o vestibular, o ingresso no ensino superior é mais simples.

Basta apresentar os documentos necessários para realizar a inscrição no curso desejado.

Documentos necessários

Cada instituição de ensino adota seu processo e exige uma documentação.

Mas, no geral, os documentos solicitados são:

  • Diploma de Curso Superior devidamente registrado – Original e Fotocópia
  • Carteira de Identidade – RG – Original e Fotocópia da frente e verso
  • Cadastro de Pessoa Física – CPF – Original e Fotocópia
  • Certidão de Nascimento – Original e Fotocópia
  • Histórico Escolar do Curso Superior – Original e Cópia
  • Sistema de Avaliação da Instituição de origem Original e Cópia
  • Conteúdos Programáticos – Cópia.

Motivos para ser um portador de diploma e investir na segunda graduação

Crédito da Foto: Grupo Polyndia

Ter um diploma e investir na segunda graduação pode trazer uma série de vantagens.

Tomar essa decisão, no entanto, requer bastante autoconhecimento e alinhamento com os propósitos.

Do contrário, a escolha pode não ter o resultado esperado.

Se você está pensando em fazer uma nova faculdade, vale refletir sobre os seus motivos.

Confira algumas das razões para ser um portador de diploma e investir na segunda graduação:

Mudar de carreira

Nem sempre a carreira toma o rumo esperado ou atende às expectativas iniciais.

Quando isso acontece, a segunda graduação pode ser uma alternativa para mudar de profissão.

Afinal, é importante desenvolver os conhecimentos e habilidades necessários para atuar em uma nova área.

E, dependendo da carreira escolhida, o diploma é obrigatório.

Criar oportunidades

A faculdade possibilita novos conhecimentos, desenvolvimento de habilidades, contatos com outros profissionais e uma série de outros benefícios.

Sendo assim, investir em uma segunda graduação é uma forma de criar oportunidades.

Um enfermeiro, por exemplo, pode cursar Fisioterapia e conseguir novas chances de trabalho como um profissional especializado na recuperação de acidentados.

Já um jornalista pode fazer faculdade de Marketing e se especializar na área de Marketing de Conteúdo, uma vez que será capaz de unir a sua habilidade de escrita com as técnicas de persuasão e vendas aprendidas no curso com viés mercadológico.

São vários caminhos possíveis em diferentes profissões.

Complementar seu currículo

Existem graduações que são completamente distintas e outras que são complementares.

Geralmente, os cursos que se integram pertencem à mesma área de conhecimento.

São exemplos: Letras e Jornalismo; Matemática e Física; Enfermagem e Biomedicina.

Quando um profissional opta por realizar uma segunda graduação complementar, ele adiciona mais competências à sua profissão.

Ou seja, é capaz de assumir mais responsabilidades e exercer outras atividades.

Isso, certamente, atribui um peso maior ao currículo. 

Expandir conhecimentos

Ainda que o curso escolhido seja complementar, sempre haverá novos conhecimentos.

Toda faculdade, além de ensinar teorias e práticas, contribui para o desenvolvimento de habilidades, inclusive socioemocionais.

O aluno aprende a se comunicar melhor, a ter senso de responsabilidade, disciplina, trabalho em equipe e outras soft skills muitos requisitadas pelo mercado.

Aumentar seu networking 

O networking é, sem dúvida, um dos grandes aliados de uma carreira bem-sucedida.

O famoso QI - Quem Indica é, de fato, uma prática habitual no mercado de trabalho.

Afinal, pensando como um contratante, você preferiria empregar um profissional com habilidades recomendadas ou apostar no desconhecido?

Certamente, a primeira opção é a mais viável, concorda?

Por isso, o networking precisa sempre ser desenvolvido, e uma maneira de mantê-lo aquecido é fazendo uma nova graduação.

>>> Leia mais: Qual faculdade fazer? 12 dicas para uma escolha de sucesso!

Onde posso estudar como portador de diploma?

A maioria das instituições de ensino possuem processos específicos de ingresso para portadores de diploma.

Aliás, como vimos, muitas delas oferecem condições exclusivas para que os diplomados realizem as suas matrículas na segunda graduação.

Na PUCPR, quem usa o diploma para fazer uma nova faculdade tem 20% de desconto em todas as mensalidades do curso.

Mas, embora a facilidade de pagamento seja uma grande vantagem, ela não é a única característica que deve pesar na sua decisão.

É importante se certificar de que a instituição de ensino é qualificada pelo Ministério da Educação (MEC) e tem boa reputação no mercado de trabalho.

Afinal, a qualidade da universidade está diretamente ligada às suas chances de prosperar na carreira. 

A PUCPR é a melhor universidade privada do Paraná.

Portanto, além da bolsa para portador de diploma, você tem a garantia de estudar na instituição número um da região, com 60 anos de experiência no mercado.

Acesse o site da PUCPR e conheça todos os cursos EAD.

São várias formações a distância para cursar online ou semipresencial.

Com certeza uma delas combina com o seu perfil e o seu momento.

Conclusão

E, então, você é um portador de diploma e está pensando em fazer uma segunda graduação?

Agora já sabe quando e por que investir em uma nova formação, não é mesmo?

Para quem ainda não fez nenhuma faculdade, este conteúdo também esclareceu a importância de possuir um diploma.

Melhores oportunidades de trabalho e salários mais altos estão entre as principais razões.

A verdade é que a educação continuada é uma grande aliada da carreira.

Por isso, é sempre importante buscar formas de ampliar seus conhecimentos e se especializar.

Na PUCPR, você encontra uma variedade enorme de cursos EAD para fazer.

Não perca tempo.

Inscreva-se já, venha estudar na universidade número 1 do Paraná, e dê um upgrade na sua vida profissional.

Gostou do texto? Aproveite o espaço abaixo para compartilhar a sua opinião. 

New call-to-action

Inscreva-se no Blog do EAD PUCPR

Nova call to action

Saiba como virar
um grande profissional:

ead pucpr
O que você achou dessa publicação?
Deixe seu comentário aqui.