Tags: Ensino Superior

Você sabe o que faz um perito criminal?

Se você já assistiu filmes e séries policiais, certamente deve lembrar daqueles personagens responsáveis por analisar vestígios deixados em uma cena de crime. 

Saiba que esse profissional existe na vida real, e ele se chama perito criminal.

A principal função do perito criminal é realizar a análise científica de vestígios produzidos e deixados na prática de delitos, buscando elucidar a forma como ocorreu e o possível autor do crime. 

Esse profissional é indispensável para esclarecer os fatos relacionados a um crime, sendo 

responsável pela produção da prova material do ocorrido. 

Será que essa área é para você? 

Neste artigo, explicamos detalhadamente o que faz um perito criminal, quais os requisitos para trabalhar nessa área e quais as perspectivas financeiras da profissão.

Fique conosco e descubra se essa é a carreira certa para você!

Confira:
Perícia Criminal: o que é?
O que faz um perito criminal?
Áreas de atuação profissional do perito criminal
Habilidades de um perito criminal
Como se tornar perito criminal?
Qual graduação cursar para ser perito criminal?
Quanto ganha um perito criminal?
Conclusão

perito-criminal - mãos enluvadas segurando um cotonete e um frasco de laboratório

Perícia Criminal: o que é?

A perícia criminal é uma atividade técnico-científica prevista no Código de Processo Penal

Essa área é responsável pela identificação, coleta, processamento e correta interpretação dos vestígios de um crime, sempre atuando dentro dos limites estabelecidos pela ciência.

Aqui no Brasil, essa atividade é regulada pelo Estado, sendo uma área que está a serviço da justiça.

A perícia criminal é uma ciência que está no centro da resolução de todos os tipos de crimes, desde aqueles que envolvem vítimas fatais até aqueles relacionados ao meio ambiente, por exemplo. 

Em função disso, a perícia criminal é uma área que possui diversos segmentos e setores de especialização.  

Essa atividade é exercida pelo perito criminal, responsável pela produção da prova material.

Esse profissional é o servidor público, integrando o quadro de funcionários dos Institutos de Criminalística, de Perícias e de Identificação e dos órgãos de Polícia Científica. 

No tópico a seguir, explicamos de forma mais detalhada as funções desse profissional.

O que faz um perito criminal?

O perito criminal é o profissional responsável pela análise da cena de um crime, buscando identificar, registrar, coletar, interpretar e armazenar os vestígios.

Esse profissional estuda o corpo ou objeto envolvido no delito, busca refazer o mecanismo do crime, examina o local onde ocorreu e efetua exames laboratoriais para determinar os fatos ocorridos. 

A partir disso, os peritos criminais conseguem estabelecer a dinâmica e a autoria dos delitos, além de realizar a materialização da prova que será utilizada durante o processo penal. 

As análises periciais são de grande complexidade, envolvendo uma série de detalhes e etapas. 

Em função disso, é comum que existam peritos criminais para cada tipo de delito. Afinal, cada crime envolve uma série de mecanismos e análises distintas.

Abaixo, apresentamos algumas das atividades exercidas por esses profissionais. 

Lembrando que determinadas áreas da perícia criminal podem exigir mais ou menos dessas funções. 

Confira:

  • Fornecer elementos esclarecedores para a instrução de inquéritos policiais e processos criminais;
  • Realizar levantamentos topográficos e fotográficos e exames periciais, laboratoriais, odonto-legais, químico-legais e microbalísticos;
  • Produzir laudos periciais;
  • Analisar material genético encontrado em cenas de crime;
  • Investigar documentações em caso de fraudes;
  • Extrair de dados em computadores e celulares apreendidos em operações policiais;
  • Analisar narcóticos apreendidos.

Áreas de atuação profissional do perito criminal

perito-criminal - homem em laboratório analisando amostra

O profissional de perícia criminal pode atuar em diversas áreas forenses.

Existem diversas áreas específicas da criminalística em que o perito criminal pode atuar, como documentoscopia, engenharia legal, computação forense, química forense, dentre outras.

Independente do setor, seu principal objetivo é coletar provas e apresentá-las na forma de laudo pericial.

As atividades desenvolvidas pelos peritos criminais são de natureza especializada. 

Não é à toa que exames como corpo de delito e todas as perícias criminais necessárias à instrução processual penal são de responsabilidade exclusiva desses profissionais. 

Os principais setores periciais são:

  • Acidentes de Trânsito
  • Auditoria Forense
  • Balística Forense
  • Documentoscopia
  • Engenharia Legal
  • Perícias Especiais
  • Fonética Forense
  • Identificação Veicular
  • Informática
  • Local de Crime Contra a Pessoa
  • Local de Crime Contra o Patrimônio
  • Meio Ambiente
  • Multimídia

Habilidades de um perito criminal

O perito criminal é um profissional de diferentes habilidades. Afinal, o dia a dia da profissão exige uma série de competências para auxiliar em suas funções rotineiras.

Capacidade de observação e atenção aos detalhes, dinamismo, foco e dedicação são algumas das principais características desses profissionais. 

Além disso, ter a capacidade de manter o distanciamento é outra habilidade essencial para esses trabalhadores. Afinal, os peritos lidam com crimes, que muitas vezes envolvem violência, quase que diariamente. 

Outra competência importante para os peritos criminais é capacidade de manter seus estudos e atualizações constantes, já que as novas técnicas e procedimentos estão surgindo todos os dias no ramo. 

Por fim, acompanhar congressos, cursos livres e workshops também é indispensável para o perito ampliar a sua formação e atuação.

Como se tornar perito criminal?

No Brasil, para ingressar na carreira de perito criminal, é obrigatório prestar concurso público, que pode ser de provas ou de provas e títulos.

O cargo de perito criminal exige formação de nível superior em áreas específicas. Por exemplo:

  • Biotecnologia
  • Biologia
  • Biomedicina
  • Computação
  • Contabilidade
  • Engenharias
  • Farmácia
  • Física
  • Matemática
  • Medicina
  • Psicologia
  • Medicina veterinária
  • Química
  • Odontologia
  • Geneticistas
  • Linguistas 
  • Foneticistas

Qual graduação cursar para ser perito criminal?

Não existe uma graduação em perícia criminal. O mais comum é que os profissionais que atuam nessas áreas sejam formados em cursos dos campos da tecnologia ou das biociências. 

Nos editais de concurso públicos, não é especificado a área de formação desses profissionais. Contudo, é possível identificar as principais graduações dos profissionais já atuantes. 

Abaixo, apresentamos os principais cursos para quem deseja se tornar perito criminal:

  • Biomedicina
  • Medicina
  • Ciências Biológicas
  • Engenharias
  • Farmácia
  • Física
  • Geografia
  • Geologia
  • Matemática
  • Medicina Veterinária
  • Odontologia
  • Psicologia
  • Química

É importante frisar que essa lista não é regra. Há concursos que permitem a participação de formados em qualquer área. 

Antes de escolher uma faculdade para ingresso, é essencial dar uma olhada nos editais de concursos já realizados nos últimos anos, a fim de compreender quais são as tendências da profissão para os próximos anos.

graduacao-perito-criminal - mulher segurando taça e fazendo sua análise

Quanto ganha um perito criminal?

A carreira de perito criminal oferece boas perspectivas de remuneração.

De acordo com site Vagas, o perito criminal inicia na profissão ganhando em torno de R$ 6.867 e pode vir a ganhar até R$ 11.029. 

A média salarial desse profissional é de R$ 9.107 no Brasil, segundo o portal.

O site Glassdoor aponta para valores semelhantes. De acordo com o site, o salário médio de um perito criminal é de R$ 12.139 por mês no Brasil. 

O portal Educa Mais Brasil levantou as médias salariais do perito criminal de acordo com seu nível hierárquico e o porte da empresa em que atua. Confira abaixo mais detalhes:

Pequena Empresa

Trainee: R$ 2.692,27

Júnior: R$ 3.365,34

Pleno: R$ 4.206,67 

Sênior: R$ 5.258,34

Master: R$ 6.572,93

Média Empresa

Trainee: R$ 3.499,95

Júnior: R$ 4.374,94

Pleno: R$ 5.468,67

Sênior:R$ 6.835,84

Master: R$ 8.544,80

Grande Empresa

Trainee: R$ 4.549,94

Júnior: R$ 5.687,42

Pleno: R$ 7.109,27

Sênior: R$ 8.886,59

Master: R$ 11.108,24

Conclusão

Neste artigo, falamos sobre a carreira de perito criminal, explicando o que faz esse profissional, como ingressar na profissão e quais perspectivas de remuneração a área oferece. 

A perícia criminal é uma área muito promissora. A principais exigências para ingressar nessa carreira é ter graduação de nível superior e ser aprovado em concursos públicos da área. 

Se você se interessou por essa carreira, venha conhecer os cursos do EAD PUCPR

Temos diversas formações que podem ajudá-lo a alcançar o diploma para atuar na área de perícia criminal. 

Além disso, o EAD PUCPR oferece diversas opções de bolsas de estudos para as graduações a distância. 

Não perca tempo e comece a trilhar hoje mesmo seu caminho para se tornar um perito criminal!

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

Inscreva-se no Blog do EAD PUCPR

New call-to-action

Saiba como virar
um grande profissional:

ead pucpr
O que você achou dessa publicação?
Deixe seu comentário aqui.