Você sabe o que fazer para controlar a ansiedade?

Antes de provas como o Enem e o vestibular, é muito comum sentir aquele frio na barriga, o coração mais acelerado e uma certa sensação de descontrole das emoções. Esses sentimentos são característicos da ansiedade. 

A ansiedade costuma aparecer em momentos de tensão, atrapalhando, muitas vezes, o desempenho dos estudantes hora de fazer uma prova e, até mesmo, causando o famoso “branco” na memória. 

Saber como controlar esse sentimento é essencial não somente para se sair bem nos exames, mas também para ter mais qualidade de vida. 

Neste artigo, explicamos tudo sobre a ansiedade e como lidar com esse sentimento. Contudo, já adiantamos: nosso texto não dispensa a consulta com um profissional especializado, como um psicólogo ou psiquiatra, ok?

Confira:
O que é ansiedade?
Ter ansiedade é normal?  
Como lidar com a ansiedade no dia a dia 
4 técnicas de respiração para controlar a ansiedade 
Quando procurar ajuda profissional para controlar a ansiedade
Conclusão 

o-que-fazer-para-controlar-a-ansiedade - mulher com cabeça debruçada sob as mãos em fundo branco

O que é ansiedade?

A ansiedade é uma reação natural do ser humano. Nela, o corpo e mente entram em um estado de alerta. Essa sensação costuma surgir em diversos momentos da vida, como naqueles que exigem falar em público, em entrevistas de emprego, vésperas de provas e outras ocasiões que envolvem pressão e tensão. 

Mas por que nos sentimos assim?

Falando no aspecto evolutivo, esse estado de alerta proporcionado pela ansiedade foi essencial para podermos nos defender dos perigos aos quais éramos expostos ainda nos primórdios da humanidade. 

Nessa época, vivíamos em florestas, cercados por animais selvagens. Por isso, a ansiedade, despertando sentimentos de medo e cautela e deixando a mente e corpo vigilantes, foi imprescindível para a nossa sobrevivência.

ead pucpr

Contudo, com o passar do tempo e a evolução das sociedades, ficamos menos expostos aos riscos e ameaças. Mesmo assim, esse mecanismo de defesa continua a ser acionado sempre que ficamos diante de alguma situação de surpresa ou de uma expectativa de futuro. O medo do desconhecido, daquilo que está por vir, é o principal gatilho para a ansiedade.

No entanto, mesmo que seja algo natural e inerente ao ser humano, existem casos em que ansiedade pode ser considerada patológica e comprometer a saúde emocional. Ou seja, quando as sensações de angústia, tensão e insegurança são frequentes e intensas, causando mal estar significativo, é essencial procurar ajuda médica. 

No tópico a seguir, explicamos mais sobre a diferença entre a ansiedade comum e a patológica.

Ter ansiedade é normal?

Como mencionamos anteriormente, a ansiedade é uma reação normal do corpo diante de alguns eventos. Contudo, existe uma linha tênue entre a ansiedade comum e a patológica. Ou seja, aquela que não é considerada normal ou saudável.

Não confunda o sentimento de ansiedade com o transtorno de ansiedade

Se você se sente ansioso apenas em alguns momentos, como antes de provas, encontros importantes e apresentações de trabalho, é bem possível que sua ansiedade esteja dentro dos padrões normais.

A ansiedade é considerada normal quando tem uma causa aparente, dura pouco tempo e não exige um esforço intenso para que você seja capaz de controlá-la e superá-la.

No entanto, se um pequeno evento do dia a dia causa uma angústia e insegurança desproporcional em seu interior, pode ser a hora de considerar a existência de um transtorno psicológico.

A ansiedade patológica é aquela que se repete constantemente e é gerada por um turbilhão de pensamentos intrusivos e negativos. Esses episódios em que a ansiedade se manifesta de forma intensa, frequente e repentina são chamados de crise de ansiedade.

Os sintomas de uma crise de ansiedade

- Sudorese intensa;
- Tremores;
- Falta de ar;
- Palpitação;
- Coração pulsando forte ou acelerado;
- Sensação de garganta fechada;
- Sensação de desmaio;
- Náusea;
- Desconforto abdominal;
- Formigamentos.

A melhor forma de se certificar se sua ansiedade está dentro da normalidade é consultando com um especialista, como psicólogo ou psiquiatra. 

A causa do transtorno de ansiedade não é completamente conhecida, mas existem fatores de risco que podem desencadeá-lo. Genética, influências externas, como rotina e relações estressantes, e traumas estão entre os principais.

Como lidar com a ansiedade no dia a dia

Mesmo que seja um sentimento natural, a ansiedade pode atrapalhar em muitos momentos da vida, como na hora de fazer uma prova importante ou em uma entrevista de emprego. 

Por isso, encontrar formas de controlar a ansiedade é essencial para ter uma rotina equilibrada e garantir seu melhor desempenho. Abaixo, trazemos algumas dicas:

Psicoterapia

A psicoterapia possibilita um autoconhecimento profundo. É nela que o paciente olha para si mesmo e pensa nas razões que levam a determinados pensamentos ou atitudes em relação a uma área de sua vida.

Através da psicoterapia, é possível identificar seus gatilhos para ansiedade e encontrar formas de lidar melhor com esse sentimento.

Nesse sentido, uma das abordagens mais eficientes é a Terapia Cognitivo Comportamental, que tem uma atuação bastante focal e direta.

Atividade física

Que tal reservar um tempo para uma caminhada, corrida ou qualquer atividade física que te proporcione prazer?

A atividade física realizada de forma regular ajuda a fortalecer o sistema imunológico e  aumenta a sensação de bem-estar pela liberação da endorfina, o que diminui consideravelmente a ansiedade e o estresse.

como controlar a ansiedade - mulher roendo as unhas

Meditação

Você sabia que a meditação também pode ajudar a controlar a ansiedade? Bastam cinco minutos diários para observar e se concentrar em sua respiração para sentir os benefícios.

Uma das técnicas mais eficientes é o Mindfulness, que reduz expressivamente o estresse e fortalece o sistema imunológico.

Ouvir música

Não é nenhuma novidade que a música é extremamente terapêutica, mas você sabia que ela pode ajudar a lidar com a ansiedade também?

As músicas ajudam a relaxar e extravasar os sentimentos, sendo uma ótima artifício para os momentos de estresse e tensão que geram ansiedade.

Manter uma alimentação saudável

Você sabia que um corpo e uma mente saudáveis são a primeira linha de defesa contra a ansiedade? Sendo assim, é essencial manter uma alimentação variada e equilibrada.

Uma alimentação pobre em nutrientes piora de forma geral a saúde humana, favorecendo a ocorrência de problemas de sono, irritabilidade e, consequentemente, ansiedade.

Nosso corpo e mente estão integrados. Para se manter saudável, é preciso estar atento a todos os aspectos, desde o que colocamos em nosso prato até a quantidade de atividade física.

4 técnicas de respiração para controlar a ansiedade

Você está em um momento crucial da sua carreira, como uma prova ou entrevista de emprego importante, e não consegue afastar a ansiedade?

Conheça quatros técnicas de respiração que podem ajudar a trazer mais tranquilidade e serenidade:

Respiração Abdominal

Nessa técnica, busque inspirar e expirar movimentando apenas o abdômen, com tranquilidade e profundidade. Você pode colocar a mão por cima dele para sentir a movimentação e ver se está fazendo corretamente.

Respiração quadrada

Com origem Hindu, a respiração quadrada requer uma pausa de quatro segundos a cada respiração e inspiração. Inspire lentamente pelo nariz contando até quatro, pause por 4 segundos, expire pela boca contando até quatro e pause por mais 4 segundos. No final, é como se você estivesse formando um quadrado respiratório, com 4 segundos em cada etapa.

Expiração alongada

De forma parecida com a técnica anterior, na respiração alongada você deve inspirar pelo nariz por 4 segundos e, em seguida, expirar pela boca durante o dobro do tempo (no caso, 8 segundos). Treinar a expiração ativa influencia na nossa capacidade de relaxamento.

Alternando as narinas

Por fim, mas não menos importante, a técnica de respiração alternando as narinas permite que você melhore a sua concentração e relaxe. Com a ajuda do dedo indicador, inspire por uma narina e solte o ar pela outra. Em seguida, faça novamente alternando.

Quando procurar ajuda profissional para controlar a ansiedade 

como controlar a ansiedade - mulher com cabeça debruçada sob as mãos

Como mencionamos ao longo do texto, a ansiedade é uma reação normal do corpo, sendo comum senti-la em alguns momentos específicos da vida.

Contudo, quando a sensação de ansiedade é algo constante, aparecendo sem causa aparente e de forma frequente, pode ser a hora de considerar buscar ajuda profissional.

Alguns sinais podem indicar o Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG). Confira alguns deles a seguir:

- Estado preocupação constante e excessivo
-  Mente inquieta
- Dificuldade para dormir e crises de insônia
- Medos irracionais
- Problemas digestivos
- Comportamento Impulsivo

Reforçamos que este artigo não dispensa uma consulta médica. Se você está se sentindo ansioso, não hesite em procurar ajuda profissional e avaliar o seu caso.

Conclusão

Neste artigo, explicamos o que fazer para controlar a ansiedade. Tem mais alguma técnica que você usa para se sentir menos ansioso? Compartilhe conosco nos comentários.

Leita também:
Inteligência interpessoal: saiba tudo sobre a característica que brilha no mercado de trabalho
- Criatividade e Inovação: diferença e dicas para estimular
Proatividade: como se tornar uma pessoa proativa no trabalho
- Autossabotagem: o que é, sintomas e dicas de como tratar
- Procrastinar: o que é, causas e como parar a procrastinação

New call-to-action

Inscreva-se no Blog do EAD PUCPR

New call-to-action

Saiba como virar
um grande profissional:

ead pucpr
O que você achou dessa publicação?
Deixe seu comentário aqui.