Você sabe o que faz um biomédico?

A área da saúde vive em constante expansão, sobretudo devido aos seus avanços que, em grande parte, são responsabilidades da Biomedicina.

É isso mesmo. A carreira contribui significativamente para várias descobertas.

Quer saber mais como ela funciona e o que faz um biomédico?

Este artigo é para você. Boa leitura!

O que é Biomedicina?

A Biomedicina é uma área da saúde voltada para a pesquisa e análise das doenças humanas.

Ela integra conhecimentos sobre medicina e biologia para identificar as causas e os fatores por trás das patologias

Com isso, é possível desenvolver ou aperfeiçoar os diagnósticos e tratamentos.

Portanto, quando você vir notícias a respeito de avanços e descobertas na área de saúde, saiba que a Biomedicina teve importante participação.

O que faz um biomédico?

o que faz um biomedico

O biomédico é o profissional que pratica a Biomedicina.

De maneira geral, podemos dizer que ele trabalha na investigação de doenças e realiza pesquisas para conhecer mais sobre a saúde humana.

O objetivo é encontrar os melhores tratamentos de saúde, além de contribuir com o desenvolvimento de soros e vacinas.

O trabalho do biomédico é fundamental, principalmente, frente a epidemias e novas doenças.

No entanto, a atuação ainda pode ser estendida a qualquer área que necessite de análises para auxiliar na tomada de decisões e determinar os melhores procedimentos a serem adotados.

Como é a profissão de Biomedicina?

Nessa profissão, o biomédico realiza pesquisas a partir de materiais coletados e micro-organismos que afetam a saúde humana.

Uma das vantagens de atuar na Biomedicina é explorar novas possibilidades para a área da saúde e contribuir diretamente com o seu avanço.

Apesar de ser mais comum encontrar oportunidades em laboratórios, o biomédico pode optar por se dedicar a outras funções e locais, como clínicas de reprodução humana, análises ambientais, farmacologia e toxicologia.

Qual é a diferença entre Biomedicina e Medicina?

o que faz um biomedico qual diferenca entre medicina

A diferença entre Medicina e Biomedicina é que, na primeira, o profissional é especializado em diagnosticar e prevenir doenças, realizar procedimentos cirúrgicos e tratamentos de saúde, entre outras atividades.

Além disso, o médico sempre está em contato direto com o paciente, atuando na linha de frente do atendimento.

Já na Biomedicina, normalmente, o profissional não tem essa relação de proximidade, a não ser em alguns casos.

Embora sejam profissões diferentes, vale ressaltar que o trabalho em conjunto entre médicos e biomédicos é fundamental para os avanços na área da saúde.

Como escolher entre Biomedicina ou Farmácia?

Se você está em dúvida sobre qual formação escolher, entre Farmácia ou Biomedicina, é importante compreender o que cada uma delas oferece.

Em ambas haverá muitas disciplinas ligadas à biologia e química, como fisiologia, sistema imunológico e microbiologia.

Porém, o curso de Farmácia foca na produção e no controle de qualidade de medicamentos e cosméticos.

Já a formação de Biomedicina, como falado, é voltada ao estudo de micro-organismos e sua influência no corpo humano, com objetivo de encontrar componentes que possam combater doenças.

Portanto, no curso de Biomedicina, você aprende a lidar diretamente com materiais biológicos.

Ainda assim, é possível que o biomédico encontre boas oportunidades no mercado farmacêutico, uma vez que seu conhecimento acerca de materiais biológicos pode contribuir para o desenvolvimento de novos medicamentos.

Como se tornar biomédico?

Para se tornar biomédico, é necessário cursar a graduação em Biomedicina.

Durante a formação, o estudante tem bastante contato com a área a partir de experiências práticas em laboratórios.

Também é preciso, além de assistir às aulas, realizar o estágio.

Aí sim, após a conclusão da graduação, o profissional se torna apto a ingressar no mercado de trabalho.

Depois disso, se quiser, pode ainda realizar formações especializadas, como pós-graduação e mestrado, por exemplo.

Como é o curso de Biomedicina?

o que faz um biomedico como curso biomedicina

Ficou interessado em saber mais sobre a graduação? Então, confira outras informações a respeito do curso.

Quais são os objetivos do curso?

O curso tem o propósito de formar profissionais aptos a realizar pesquisas científicas, atuar na tomada de decisões e em análises clínicas a fim de apoiar a área médica no tratamento de pacientes.

Qual é o valor de um curso de Biomedicina?

O valor da mensalidade varia muito, pois depende da universidade e da forma de ensino.

Na categoria presencial, é possível encontrar cursos com mensalidades mensais médias entre R$ 700,00 e R$ 2.000,00.

Já na modalidade EAD, os valores ficam mais em conta, por volta de R$ 500,00 a R$ 1.000,00.

Qual é o tempo de duração?

A formação em Biomedicina é um bacharelado e tem duração média de quatro anos.

Quanto ganha um biomédico?

Saber o salário médio pago na área de Biomedicina é parte importante no processo de descoberta da profissão.

De acordo com um levantamento realizado pela Catho, o salário médio de um biomédico é de R$ 2.449,24.

No entanto, muitos fatores podem influenciar na remuneração, como a experiência profissional, as especializações, a empresa contratante e a área de atuação.

Qual é a área de atuação do biomédico?

Por falar em área de atuação, saiba que o biomédico encontra uma boa variedade de trabalho.

Confira as principais oportunidades, de acordo com o Conselho Federal de Biomedicina:

  • Análises clínicas: realização de análises clínicas, emissão de laudos e gestão de procedimentos
  • Análises ambientais: realização de análises voltadas ao saneamento do meio ambiente
  • Indústrias: elaboração de soros e reagentes para indústrias da área
  • Análises bromatológicas: análises relacionadas à contaminação de alimentos
  • Biologia molecular: coleta e análise de materiais, com emissão de laudo
  • Genética: pesquisas relativas à genética; o biomédico fica responsável pela coleta de materiais e pode atuar em conjunto com outros profissionais ou diretamente com o paciente
  • Reprodução humana: análise e manipulação de materiais relacionados à reprodução humana
  • Citologia oncótica: tem responsabilidade técnica sobre análises de materiais associados ao colo do útero
  • Banco de sangue: o biomédico pode ser encarregado por toda a manipulação de materiais coletados; no entanto, a coleta de sangue será sempre de incumbência do médico
  • Imagenologia: ampla oportunidade de atuação, desde realização de pesquisas relacionadas à área de exames de imagem, até a operação de equipamentos; a emissão de laudos é de responsabilidade dos médicos.

Como é o mercado de trabalho para quem se forma em Biomedicina?

A área da saúde vive em constante evolução, com a necessidade cada vez maior de pesquisas científicas e avanços tecnológicos.

Por isso, é comum encontrar biomédicos atuando em hospitais, clínicas e laboratórios. 

No entanto, outras áreas também têm demonstrado interesse nos profissionais desse setor, como a indústria farmacêutica, a saúde pública e a biomedicina estética.

Perfil de um biomédico

Você se interessou pelo curso, mas não sabe se tem o perfil para trabalhar na área? Vamos tirar a prova.

O biomédico deve ter um perfil analítico, ser curioso e metódico.

Outras competências fundamentais do especialista em Biomedicina são ter bom relacionamento interpessoal e saber trabalhar em equipe. 

Afinal, ele estará sempre em contato com profissionais de outras áreas.

É muito importante ainda que o biomédico tenha conhecimento da língua inglesa, pois diversas pesquisas científicas são publicadas nesse idioma.

E, então, você se encaixa ou não?

O dia a dia de um biomédico

Além de descobrir se você tem o perfil, é interessante também se identificar com a rotina da área.

O dia a dia do biomédico é marcado por muita pesquisa, estudos e análises.

Portanto, o profissional está sempre dedicado à atualização a fim de encontrar os melhores procedimentos e soluções.

Eventualmente, as atividades podem ser mais movimentadas, principalmente a depender da função exercida, como no caso da vigilância sanitária, por exemplo.

Mas, no geral, a profissão de Biomedicina exige maior concentração do profissional.

Mitos e verdades sobre a profissão

o que faz um biomedico mitos verdades sobre profissao

Em muitas áreas de atuação, é usual encontrar alguns mitos e verdades sobre as profissões. 

Na Biomedicina não é diferente. Confira os mais comuns a seguir!

O trabalho do biomédico influencia as decisões de um médico

Verdade

As pesquisas e descobertas feitas pelo biomédico podem direcionar procedimentos médicos.

Por ser um curso da área de saúde, Biomedicina não terá cálculos

Mito. O aluno de Biomedicina terá alguns cálculos durante o curso, porém, menos complexos do que em qualquer matéria de exatas.

O curso de Biomedicina conta com muitas aulas práticas

Verdade

As aulas práticas são uma parte importante da formação em Biomedicina. 

Como o aluno está se preparando para atuar, principalmente, com pesquisas e materiais biológicos, ele terá contato com análises laboratoriais do primeiro semestre até o último.

Biomedicina é mais fácil que Medicina

Mito

Se você está pensando em cursar Biomedicina acreditando que seja mais fácil do que medicina, pode ser surpreendido.

A formação, assim como qualquer outra graduação, é bem complexa, principalmente em relação às pesquisas e análises que envolvem a área.

Onde estudar Biomedicina?

o que faz um biomedico onde estudar

Depois de decidir pela formação em Biomedicina, é hora de selecionar em qual universidade se matricular.

A instituição escolhida terá grande influência em sua carreira profissional, tanto pela grade curricular quanto pelo peso que pode agregar ao seu currículo.

Portanto, opte por uma universidade com um bom conceito no MEC.

Leve em consideração ainda fatores como a distância e os valores mensais.

Afinal, um bom planejamento é fundamental para aproveitar esse período da sua vida ao máximo.

Conclusão

Neste artigo, você conheceu um pouco mais sobre a área da Biomedicina. 

Compreender o que faz um biomédico e como funciona a carreira desse profissional ajudou você a tomar uma decisão?

Se ainda não tem certeza, tudo bem. A escolha é mesmo um processo difícil.

O que acha, então, de navegar pelo site da PUC Paraná e ver outras formações? 

Quem sabe durante a pesquisa você não encontra uma profissão que é a sua cara, não é? Boa sorte!

Gostou do artigo? Aproveite o espaço abaixo e escreva o seu comentário!

Inscreva-se no Blog do EAD PUCPR

blog ead pucpr
cursos empreendedorismo
O que você achou dessa publicação?
Deixe seu comentário aqui.