Tags: Dicas

Você concluiu o ensino médio, foi direto para o mercado de trabalho, vieram os filhos e o sonho de fazer faculdade ficou para trás? Saiba que ainda é possível retomar os estudos e conquistar o desejado diploma. 

Voltar a estudar após anos longe da sala de aula pode ser um grande desafio, principalmente para aqueles que têm filhos e não podem abrir mão do trabalho. 

Contudo, na atualidade, existem diversas facilidades que têm permitido que cada vez mais pais acessem o ensino superior e aliem os estudos com as demandas paternas e laborais. 

O diploma de ensino superior vem deixando de ser um diferencial e tem se consolidado como item indispensável para alcançar os melhores cargos e remunerações. 

Segundo o relatório Education at a Glance, da OCDE, de 2019, um residente brasileiro formado no ensino superior ganha, em média, mais que o dobro (140%) de quem só cursou o ensino médio. 

Pensando nisso, nesse mês de agosto, marcado pelo Dia dos Pais, o EAD PUCPR compilou algumas dicas exclusivas para pais que desejam cursar uma faculdade e alcançar o sonhado diploma. 

Confira:
1 - Escolha uma modalidade de ensino adequada à sua rotina
2 - Bacharelado, licenciatura ou tecnólogo?
3 - Conheça as opções de bolsas de estudos disponíveis
4 - Organize suas atividades e faça um cronograma de estudos
5 - Nunca é tarde
Conclusão

estudos-e-paternidade

1 - Escolha uma modalidade de ensino adequada à sua rotina

Um dos grandes empasses de quem deseja retomar os estudos é como aliar as aulas com as outras demandas da rotina. Além do trabalho, os pais também têm que dedicar tempo aos filhos, o que torna seus períodos ociosos bem limitados. 

Em função disso, é essencial avaliar as modalidades de ensino existentes e identificar qual se adequa melhor ao seu ritmo. 

Atualmente, o ensino superior brasileiro conta com três modalidades — presencial, semipresencial e EAD.   

A graduação presencial é a mais conhecida por todos. Nela, todas as aulas acontecem em um local físico, com o professor e os estudantes reunidos dentro de uma sala de aula.  

Já o semipresencial, é um modelo híbrido que reúne atividades presenciais e a distância na grade curricular. 

Por fim, existe também a modalidade de ensino a distância, o famoso EAD, que vem se popularizando nos últimos anos. 

Nesse modelo, todas as atividades, incluindo aulas e provas, são realizadas remotamente.   

Mas, como saber qual a melhor opção para você?

Para os pais, que terão que conciliar os estudos com o trabalho e outras atividades, o EAD pode ser a melhor escolha. Essa modalidade possibilita assistir às aulas quando e de onde o estudante quiser, dando mais flexibilidade de horários. 

Além disso, as graduações EAD possibilitam que os estudantes economizem tempo e dinheiro. Afinal, ao estudar a distância, é possível economizar com transporte e alimentação e perder menos tempo com deslocamento.

Ou seja, o EAD é uma das melhores opções para os pais que desejam retomar os estudos.  

Já para aqueles que não têm muita afinidade com o digital e possuem mais tempo disponível, as graduações semi e presenciais podem ser a melhor escolha.  

Cada pessoa tem uma rotina e expectativas diferentes. Cabe analisar os modelos de ensino existentes e identificar o que mais se adequa com o momento que se está vivendo. 

2 - Bacharelado, licenciatura ou tecnólogo?

Se você já sabe qual modalidade de ensino traz mais benefícios, é hora de escolher o tipo de graduação. Atualmente, existem três opções: bacharelado, licenciatura e tecnólogo.

Os bacharelados oferecem conhecimento generalista sobre uma profissão, podendo ter duração de três a seis anos, dependendo da grade curricular do curso. 

Faculdades como Direito, Engenharia, Administração, Ciências Contábeis, Jornalismo e Farmácia são bacharelados.

As licenciaturas são cursos voltados para aqueles que desejam se tornar educadores, capacitando os diplomados para dar aulas nos ensinos fundamental e médio. Esse tipo de curso tem duração média de quatro anos.

Letras, História, Matemática, Artes Visuais, Filosofia e Geografia são algumas das licenciaturas mais conhecidas.  

Por fim, existem também os tecnólogos. Esses cursos são voltados para quem busca uma formação específica e mais ligada ao mercado de trabalho. São graduações mais curtas, com dois a três anos de duração. 

Ciências de Dados, Gestão Comercial, Gestão de Recursos Humanos e Marketing são alguns dos cursos que oferecem grau de tecnólogo. 

Os três tipos de graduação oferecem boas possibilidades de inserção profissional. Para identificar qual a melhor para você, tenha em mente as respostas para as seguintes perguntas:

  • Quanto tempo quero/posso dedicar aos meus estudos? (2 ou 4 anos, por exemplo)
  • Com qual área do conhecimento eu me identifico? (Humanas, Exatas ou Biológicas)
  • Tenho interesse em me tornar professor?
  • Com o que me imagino trabalhando no futuro?

Ao responder essas perguntas, você provavelmente já vai ter um caminho mais definido. 

Por exemplo: vamos imaginar que você queira dedicar dois anos aos estudos. Uma graduação do tipo tecnólogo certamente é a melhor opção.

Além disso, vamos pensar que você se identifica com a área das Exatas, não tem interesse em se tornar professor e se imagina trabalhando na área financeira de uma empresa. O tecnólogo em Gestão Financeira, por exemplo, poderia ser uma boa escolha para você. 

Ou seja, não existe certo e errado, ou melhor e pior, quando se fala do tipo de graduação. A melhor escolha é aquela que leva em conta suas expectativas e desejos.

dicas-para-pais-que-querem-voltar-a-estudar

3 - Conheça as opções de incentivos e bolsas de estudos disponíveis

Outro entrave comum para ingressar no ensino superior é o dinheiro. Afinal, universidades públicas são extremamente concorridas, e as privadas possuem mensalidades que muitas vezes estão acima do orçamento disponível. 

Felizmente, atualmente, existem diversas opções de opções de bolsas de estudos e financiamentos, o que permite que muitas pessoas paguem valores mais acessíveis para fazer faculdade. 

Uma das iniciativas mais importante da atualidade é o Prouni (Programa Universidade para Todos), que busca ampliar o acesso dos estudantes de baixa renda ao ensino superior.

Criada pelo Governo Federal, a iniciativa concede bolsas de estudos para cursos de graduação presenciais e a distância em universidades privadas. 

Os candidatos para as bolsas do Prouni são selecionados a partir da nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Ou seja, é preciso ter feito a edição mais recente do exame para concorrer às bolsas. 

O programa oferece bolsas integrais, que cobrem 100% do valor das mensalidades, e bolsas parciais, que cobrem 50% do valor da mensalidade do curso, cabendo ao estudante arcar com os custos da outra metade.  

A renda é o fator determinante para conseguir uma bolsa integral ou parcial. As bolsas integrais são destinadas aos candidatos com renda familiar bruta mensal de até 1,5 salário mínimo por pessoa. Já as parciais, destinam-se aos estudantes com renda familiar bruta mensal de até 3 salários mínimos por pessoa.  

Outro programa importante do Governo Federal é o FIES (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior). O FIES busca auxiliar estudantes de baixa renda a pagar as mensalidades do curso de graduação em universidades privadas.

Ao início de cada semestre letivo, o programa abre inscrições para os candidatos que desejam concorrer a um contrato de financiamento estudantil. 

Os selecionados contam com o auxílio do Governo Federal para o custeamento das mensalidades do curso. Assim como o Prouni, a seleção do FIES é também feita a partir da nota do Enem.

A diferença entre os dois programas é que o FIES é um financiamento, ou seja, todos os valores devem ser quitados ao final do curso. O benefício é que a dívida pode ser parcelada e estendida por vários anos.

Além das iniciativas federais, diversas universidades privadas possuem programas internos de concessão de bolsas de estudos. 

Aqui no EAD PUCPR, temos diversas opções de bolsas para os cursos de graduação EAD. Conheça-as aqui.

4 - Organize suas atividades e faça um cronograma de estudos

Se você chegou até aqui, pode estar se perguntando: mas como vou me organizar para estudar no dia a dia? 

Nossa sugestão é organizar os horários disponíveis para cada atividade em sua rotina e reservar pelo menos duas horas para os estudos todos os dias.

No seu tempo de estudo, você pode assistir às aulas, revisar conteúdos, adiantar trabalhos e se preparar para provas. 

Além disso, elaborar um cronograma também é uma ótima forma de manter os estudos em dia. 

Organize um calendário com todas as datas importantes do semestre, identificando dias de entregas e apresentação de trabalho que possivelmente exigirão mais horas de dedicação. 

Assim, você estará previamente preparado para qualquer imprevisto e consegue se dedicar mais aos estudos. 

Essa organização é essencial para transformar os estudos em um hábito e ganhar mais disciplina na hora de pegar os livros. 

pais-voltar-a-estudar

5 - Nunca é tarde

Pensamentos como “não tenho mais idade para estudar” ou “não vai dar certo, estou longe dos estudos há muito tempo” podem rondar sua mente na hora de tomar a decisão de retomar o estudos. 

Por mais que seja desafiador, não existe idade certa para entrar na faculdade e ir atrás dos seus sonhos. 

Além disso, como vimos ao longo do texto, existem diversas facilidades que permitem ingressar na faculdade em diferentes contextos na atualidade. 

Confie no seu potencial e corra atrás dos seus sonhos. Afinal, nunca é tarde para mudar e começar algo novo!

Conclusão

Neste artigo, trouxemos cinco dicas para pais que querem voltar a estudar. Abaixo, reunimos os tópicos abordados:

1 - Escolha uma modalidade de ensino adequada à sua rotina

2 - Bacharelado, licenciatura ou tecnólogo?

3 - Conheça as opções de bolsas de estudos disponíveis

4 - Organize suas atividades e faça um cronograma de estudos

5 - Nunca é tarde

Se você tem interesse em voltar a estudar, conheça os cursos a distância do EAD PUCPR. Oferecemos graduações em todas as áreas do conhecimento e com condições de preços imperdíveis.

Comece hoje mesmo a trilhar o seu caminho em direção ao diploma! 

New call-to-action

Inscreva-se no Blog do EAD PUCPR

New call-to-action

Saiba como virar
um grande profissional:

ead pucpr
O que você achou dessa publicação?
Deixe seu comentário aqui.