Tags: Cursos

Você já pensou em seguir a carreira de engenheiro biomédico?

Por mais que pareçam verdadeiros opostos, as áreas da engenharia e medicina se relacionam e têm muito a contribuir uma à outra. 

A engenharia biomédica é a área do conhecimento que reúne essas duas especialidades. 

Ela é responsável pelo estudo e desenvolvimento de novas tecnologias para a área da saúde, auxiliando na prevenção, diagnóstico e tratamento de diversas doenças. 

Será que essa é a profissão ideal para você? Venha descobrir neste artigo!

Confira: 
O que é a engenharia biomédica 
A engenharia biomédica no Brasil 
Como se tornar um engenheiro biomédico 
Conclusão 

engenheiro biomédico - mulher consertando peça de equipamento

O que é a engenharia biomédica

Quando pensamos na área da saúde, é comum que médicos e enfermeiros venham à nossa mente. Mas você já pensou em encontrar engenheiros nessa área? Equipamento de diagnóstico, próteses, softwares: esse conjunto de tecnologias utilizadas em clínicas e hospitais são responsabilidade dos engenheiros biomédicos.

A engenharia biomédica é um ramo da engenharia que integra as ciências exatas e biológicas. Assim, cabe a essa área do conhecimento realizar o projeto, a montagem e a manutenção de aparelhos que atendam às demandas do sistema de saúde.

Para isso, ela estuda e analisa os organismos vivos e suas propriedades do ponto de vista da engenharia, buscando formas de auxiliar na prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças.

Ou seja, na engenharia biomédica, os recursos e estudos da engenharia são utilizados em prol da medicina. 

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O curso de Engenharia Biomédica 

A Engenharia Biomédica surgiu como curso de graduação há poucos anos. Durante a formação, o estudante aprende a desenvolver equipamentos médicos, biomédicos e odontológicos, tanto para diagnóstico de doenças quanto para o tratamento. 

Os diplomados em Engenharia Biomédica concluem o curso capazes de projetar a estrutura dos equipamentos, montá-los e fazer sua manutenção corretiva e preventiva, calibrando-os e aferindo sua precisão.

Além disso, com conhecimentos na área de informática e eletrônica, os engenheiros biomédicos também podem criar softwares que otimizam o uso dessas máquinas e simplificam o trabalho dos médicos e enfermeiros. 

É uma carreira essencial para o futuro da ciência e para o combate de diversas doenças que assolam a humanidade.

A engenharia biomédica no Brasil 

A engenharia biomédica ainda é pouco difundida no Brasil. Por ser um curso superior relativamente recente, ainda ocorrem algumas confusões no mercado de trabalho com relação às atribuições desse profissional. 

Contudo, a tendência é que nos próximos anos essa área se expanda e ganhe mais relevância, especialmente pelo contexto provocado pela pandemia da Covid-19

Com a crise sanitária que vivemos na atualidade, a saúde pública tem sido um dos temas mais debatidos. Mais do que nunca, necessitamos de novas tecnologias para suprir os problemas e desafios que ainda enfrentamos em termos de tratamentos e diagnósticos.  

A pandemia da covid-19 surpreendeu a todos, o mundo não estava preparado para lidar com uma crise sanitária em escala global. Isso reforçou a necessidade de estarmos mais preparados para as adversidades que ainda podem surgir. 

Dentro desse cenário, os engenheiros biomédicos são profissionais indispensáveis para pensar um futuro mais sustentável e longevo para toda a população.  

Sendo assim, a engenharia biomédica é uma carreira muito promissora e com um importante papel social no Brasil. 

Áreas de atuação do engenheiro biomédico

O engenheiro biomédico atua no desenvolvimento, produção, manutenção e gestão de equipamentos, produtos e processos tecnológicos para fins de diagnóstico, terapia, reabilitação e pesquisa em saúde. 

Sendo assim, existem alguns nichos de atuação específicos em que esses profissionais podem trabalhar. Conheça quais são:

Desenvolvimento de equipamentos

Nessa área, o engenheiro biomédico atua planejando, desenvolvendo e implantando equipamentos e aparelhos que serão utilizados nos centros de saúde. 

Isso inclui tanto aparelhos complexos utilizados em cirurgias e tratamentos, quanto os mais cotidianos, como kits de diagnóstico que facilitam e agilizam a identificação de doenças.

Engenharia Clínica

Nesse campo, o profissional é responsável pela gestão dos equipamentos de operação em laboratórios, hospitais e clínicas. 

É ele que realiza a avaliação dos aparelhos e especifica os que precisam ser adquiridos, fazendo também sua instalação, manutenção e suporte técnico.

Softwares e bancos de dados

A tecnologia já faz parte de diversos setores da nossa sociedade, e na saúde não é diferente. Todos os dias, novas ferramentas surgem para auxiliar no diagnóstico e no tratamento de doenças. 

É papel do engenheiro biomédico desenvolver essas ferramentas, que podem incluir softwares e bancos de dados, por exemplo. 

A engenharia biomédica é uma área que faz uso da Inteligência Artificial e do Big Data para ampliar a compreensão do organismo humano e das doenças.

Essa é uma das áreas de atuação mais promissoras para esses profissionais. Afinal, a tendência é que cresça ainda mais no futuro

engenheiro biomédico - mulher deitada em maca aguardando para fazer raio-x

Próteses e Biomateriais

Outra área importante é a de desenvolvimento de próteses e biomateriais. Nesse campo, o papel do engenheiro é criar próteses que sejam mais adequadas ao corpo humano.

Para isso, há também a necessidade do desenvolvimento de materiais que sejam compatíveis com nosso corpo, os chamados biomateriais. 

Essa é outra área que está em alta na engenharia biomédica.  

Pesquisa e produção científica 

Os engenheiros biomédicos também podem trabalhar na área da pesquisa, buscando respostas e testando teorias para solucionar os principais problemas de saúde da atualidade. 

Imagiologia

A Imagiologia é uma área onde o engenheiro biomédico trabalha diretamente com as técnicas de diagnóstico por imagem, como radiografia, tomografia, ultrassonografia, ressonância magnética e fluoroscopia.

Nesse campo, ele atua tanto na manutenção quanto no aperfeiçoamento desses aparelhos. 

Quanto ganha um engenheiro biomédico 

O portal Educa Mais Brasil realizou um levantamento dos salários dos engenheiros biomédicos no Brasil. Os dados foram retirados do SINE - Site Nacional de Empregos e levam em conta o porte da empresa e o nível hierárquico do profissional. Confira:

Pequena Empresa

  • Trainee: R$ 1.753,60
  • Junior: R$ 2.192,00
  • Pleno: R$ 2.740,00
  • Senior: R$ 3.425,00
  • Master: R$ 4.281,25

Média Empresa

  • Trainee: R$ 2.279,68
  • Junior: R$ 2.849,60
  • Pleno: R$ 3.562,00
  • Senior: R$ 4.452,50
  • Master: R$ 5.565,63

Grande Empresa

  • Trainee: R$ 2.963,58
  • Junior: R$ 3.704,48
  • Pleno: R$ 4.630,60
  • Senior: R$ 5.788,25
  • Master: R$ 7.235,31

Como se tornar um engenheiro biomédico 

Se você chegou até aqui, possivelmente se interessou pela carreira de engenheiro biomédico, certo?

Para ingressar nessa área, um dos melhores caminhos é a graduação em Engenharia Biomédica Semipresencial do EAD PUCPR.

Durante o curso, você terá uma variedade de disciplinas relacionadas a tecnologia da informação, química, física, matemática e biologia. Essa área une conhecimentos de conceitos físicos, como mecânica e eletrônica, e da área da saúde, como anatomia e fisiologia. 

O curso tem 5 anos de duração, ou seja, 10 semestres. No modelo semipresencial, os estudantes unem a praticidade do EAD com atividades práticas presenciais. Dessa forma, garantimos um conhecimento qualificado e mais flexibilidade para o estudante. 

Conheça a grade curricular do curso:

1º ANO

Química dos Materiais | 90 HORAS

Concepção e Design em Engenharia | 90 HORAS

Filosofia | 60 HORAS

Princípios de Robótica | 60 HORAS

Computação Científica para Projetos de Engenharia | 90 HORAS

Modelagem e Simulação do Mundo Físico | 90 HORAS 

Empreendedorismo Inovador | 60 HORAS

Concepção e Design de Sistemas Digitais | 90 HORAS

 

2º ANO

Modelagem de Sistemas | 90 HORAS

Física do Movimento | 90 HORAS

Ética | 30 HORAS

Leitura e Escrita Acadêmica | 60 HORAS

Corpo Humano e seu Funcionamento | 90 HORAS

Biomateriais | 90 HORAS

Modelagem Avançada de Sistemas | 90 HORAS

Eletricidade e Aplicações | 90 HORAS

Introdução à Mecânica dos Sólidos | 60 HORAS

Teologia e Sociedade | 30 HORAS

Processo Saúde-Doença | 60 HORAS

Análise de Circuitos Elétricos | 60 HORAS

 

3º ANO

Métodos Numéricos Computacionais | 60 HORAS

Métodos Quantitativos para Engenharia | 60 HORAS

Métodos Físicos Aplicados a Sistemas Biológicos | 60 HORAS

Projetos de Circuitos Eletrônicos | 90 HORAS

Desenvolvimento de Aplicações Orientadas a Objetos | 90 HORAS 

Modelagem Biomecânica do Corpo Humano | 60 HORAS 

Projetos de Sistemas Microprocessados | 60 HORAS

Administração e Economia para Engenharia | 60 HORAS

Fenômenos de Transporte e Aplicações | 90 HORAS

Análise de Sinais e Sistemas | 60 HORAS

Projetos de Circuitos Elétricos | 60 HORAS

Recursos de Infraestrutura para Instituições Médico-Hospitalares | 60 HORAS

 

4º ANO

Projeto de Engenharia | 60 HORAS

Instrumentação Biomédica | 90 HORAS

Eletiva I | 60 HORAS

Processamento Digital de Sinais | 60 HORAS

Tecnologias para Diagnóstico, Monitorização e Terapia | 90 HORAS

Concepção e Design de Sistemas de Controle | 60 HORAS

Projetos de Instrumentação Biomédica | 60 HORAS

Gestão Ambiental | 60 HORAS

Implementação e Operação de Sistemas de Controle | 60 HORAS 

Projetos de Equipamentos Eletromédicos | 60 HORAS

Projetos de Tecnologias Assistivas | 90 HORAS 

Eletiva II | 60 HORAS

 

5º ANO

Tecnologias de Imagens Médicas | 90 HORAS

Educação, Identidade e Solidariedade | 30 HORAS

Projeto Final de Curso de Engenharia Biomédica I | 30 HORAS

Bi design em Soluções Médico Hospitalares | 60 HORAS

Gerenciamento de Tecnologias Médico-Hospitalares | 90 HORAS

Estágio Curricular Supervisionado de Engenharia Biomédica | 165 HORAS

Legislação, Ergonomia e Segurança do Trabalho | 30 HORAS

Projeto Final de Curso de Engenharia Biomédica II | 30 HORAS

Informática Médica e Teles saúde | 60 HORAS 

Órgãos Artificiais | 60 HORAS

Conclusão 

Neste artigo, falamos sobre a carreira de engenheiro biomédico. Se você se interessou pelo curso, não deixe de conferir nossas opções de bolsas de estudos. Você pode começar hoje mesmo a trilhar o seu caminho no campo da engenharia! 

Leia também:

New call-to-action

Inscreva-se no Blog do EAD PUCPR

Nova call to action

Saiba como virar
um grande profissional:

ead pucpr
O que você achou dessa publicação?
Deixe seu comentário aqui.