O empreendedorismo é sua meta de vida? Podemos dizer que esse é um sonho comum.

No Brasil, 38% da população já empreende. E há milhares de brasileiros que têm o sonho de abrir um negócio próprio, assim como você.

No entanto, tornar-se um empreendedor é um desafio e tanto. Afinal, a função exige uma série de competências.

Até por essa razão é que a maioria dos empreendimentos fecham as portas em menos de um ano. 

Para não correr o risco de ver a sua empresa falir ou, ainda melhor, para vê-la prosperar, é preciso entender como funciona o empreendedorismo.

Neste artigo, você fica por dentro das principais características da atividade e confere dicas valiosas para trilhar esse caminho.

Acompanhe!

O que é empreendedorismo?

empreendedorismo o que e

Quando você pensa em empreendedorismo, logo vem à mente a imagem de um “homem de negócios”?

Bem, a ideia não é equivocada.

Afinal, empreender está diretamente ligado à concepção e ao gerenciamento de um negócio próprio.

Mas é mais do que isso.

É, na verdade, uma característica, que diz respeito à capacidade de idealizar, coordenar e realizar projetos, além da disposição para criar e implementar mudanças, inovações e melhorias a um mercado ou empreendimento.

Empreendedorismo x Empreendedor

Você pode estar se perguntando: “Então, é só ter essa característica para se tornar um empreendedor?”

Não é tão simples assim.

Isso porque não é o perfil do indivíduo que o torna empreendedor, mas sim, a ação.

Ou seja, para ser um empreendedor, é preciso colocar o empreendedorismo em prática.

Quais são os benefícios do empreendedorismo?

empreendedorismo quais sao beneficios

Quem decide se tornar um empreendedor, pode desfrutar de muitos benefícios.

Embora o trabalho possa ser exaustivo muitas vezes, é o empreendedor quem determina a sua carga horária, por exemplo.

Ou seja, há mais liberdade para exercer as funções.

Além disso, o empreendedor desenvolve uma série de habilidades, já que é exigido dele dominar muitas competências.

Outro ponto positivo é a motivação e o engajamento. É mais fácil manter a energia lá no alto quando se empreende.

Mas vale dizer ainda que o empreendedorismo não tem impacto apenas na vida do empreendedor.

Empreender também interfere na economia e na sociedade como um todo.

Quais as principais características do empreendedorismo?

empreendedorismo quais principais caracterisricas

Antes de falarmos das características do empreendedorismo, uma curiosidade: o termo foi criado em 1945 pelo economista Joseph Schumpeter

Ele, inclusive, afirmou que o empreendedorismo é algo desenvolvido por pessoas versáteis. 

E, de fato, é. Para empreender, é preciso ser polivalente.

Qual o perfil do empreendedor?

O empreendedor de sucesso deve, então, ter capacidades diversas.

Ele precisa ser criativo. Afinal, está sempre em busca de melhores soluções.

Também é fundamental que ele seja otimista e tenha confiança na execução do seu trabalho.

Se nem ele acredita em uma invenção, quem acreditará, não é mesmo?

Outros atributos do empreendedor são: visão estratégica e holística, comprometimento, determinação, proatividade e resiliência.

Vale acrescentar ainda que o empreendedor precisa ser um excelente líder e deve aprender a dar e receber feedbacks. 

Ter coragem para assumir riscos e lidar com fracassos também entram na lista de qualidades do empreendedor.

Viu só quanta coisa?

Quais são os tipos de empreendedores?

empreendedorismo quais sao tipos de empreendedores

No Brasil, existem vários tipos de empreendedores. No entanto, três deles são mais comuns:

Individual

É o empreendedor que se formalizou no regime tributário do MEI (Microempreendedor Individual). 

Este tipo costuma trabalhar sozinho ou, no máximo, conta com a ajuda de um funcionário. 

Normalmente, não tem intenção de fazer a empresa crescer, mas é algo que pode acontecer dependendo do trabalho e da demanda.

Corporativo

O empreendedor corporativo também é chamado de intraempreendedor. 

Trata-se de um funcionário que empreende dentro da empresa em que atua. 

É ele quem encabeça novos projetos e tem novas ideias no ambiente empresarial. 

É um perfil muito procurado por organizações de diferentes portes e segmentos.

Social

O empreendedor social, por sua vez, busca um trabalho com propósito. 

Seus ganhos, portanto, estão relacionados a algo transformador e que tenha impacto na vida de outras pessoas e do meio ambiente, por exemplo. 

O empreendedorismo social atrai os mais jovens que têm o desejo de solucionar um problema social cujo os órgãos públicos não conseguem.

Qual o impacto do empreendedorismo na sociedade?

empreendedorismo qual impacto na sociedade

Mencionamos anteriormente que o empreendedorismo não proporciona ganhos apenas para o empreendedor. Ele também impacta a sociedade.

Afinal, empreender tem relação com a criação de soluções para problemas que, geralmente, são enfrentados pela população. 

Diversas atividades empreendedoras, por exemplo, ajudam a evitar desperdícios e desgastes de recursos sociais, econômicos e naturais.

O empreendedorismo também é fundamental para a geração de empregos. 

Quando uma nova empresa surge no mercado, é preciso contratar mão de obra.

Com isso, há movimentação de renda e, consequemente, um giro econômico favorável.

Empreendedorismo nas empresas

empreendedorismo nas empresas

Pessoas com espírito empreendedor dentro de empresas são recursos extremamente valiosos e poderosos.

Afinal, eles são importantes para que a organização inove e melhore cada vez mais seus processos e produtos.

Trabalhadores com este perfil apresentam características como senso de dono, paixão pelo negócio, autoconfiança, perseverança, criatividade, proatividade e vontade de fazer mais e melhor.

O empreendedorismo corporativo também impacta positivamente no clima organizacional. As equipes trabalham mais comprometidas e motivadas.

Dicas para se tornar um empreendedor

empreendedorismo dicas para se tornar um empreendedor

Agora é hora de descobrir como entrar no mundo dos negócios. Preste bem atenção nas dicas a seguir: 

Defina as características que possui e em quais precisa trabalhar

O primeiro passo para se tornar um empreendedor é fazer um mergulho dentro de si mesmo. Ou seja, iniciar um processo de autoconhecimento.

Com isso, é possível identificar quais são os seus pontos fortes e os que precisam de melhorias.

Para ajudá-lo nessa autorreflexão, procure ainda se perguntar se o empreendedorismo é a responsabilidade que você quer assumir e como lidaria se algo não saísse como o esperado.

Crie metas e sempre acompanhe seu próprio desempenho

Sem metas, ninguém vai a lugar nenhum, concorda?

Imagina, então, um empreendedor. 

O trabalho exige que os planos estejam bem consolidados.

Por isso, trace metas de curto, médio e longo prazos, e seja específico quanto aos resultados que precisam ser atingidos.

Você precisa ainda ter a garantia de que elas sejam viáveis e deve criar mecanismos para monitorar o progresso delas.

Existe uma metodologia, chamada Metas SMART, que ajuda a criar metas inteligentes. Vale conhecer e colocar em prática!

Possua um mentor

Quando entramos para trabalhar em uma empresa, normalmente, temos um gestor imediato, que nos dá orientações diretas para que possamos executar o nosso trabalho e atender à expectativa do empregador.

No caso do empreendedor, essa figura não existe. Mas é possível recorrer a um mentor.

Ou seja, alguém com experiência no mercado e que pode ajudar fornecendo insights e direcionamentos valiosos para o desenvolvimento do trabalho.

Utilize técnicas que ajudam a promover a criatividade 

A criatividade é um dos principais atributos do empreendedor.

Se você não sente que é uma pessoa criativa, deve, então, aprender a estimular essa característica.

Para isso, existem algumas técnicas que podem ser aplicadas.

Você pode, por exemplo, adotar um hobby diferente, como pintar, desenhar ou tocar um instrumento. 

Ou, então, sair um pouco do escritório e trabalhar em lugares que possam inspirar a sua imaginação. 

Vale também conversar com outras pessoas para trocar ideias.

Procure ainda anotar em um papel todas as suas ideias, por mais simples ou inviáveis que possam ser. Isso porque você pode aperfeiçoá-las ou obter novos insights a partir delas.

Mantenha seu propósito em foco

Ter sucesso no empreendimento é algo que demanda tempo. 

Não vá esperando ter sucesso de um dia para o outro.

Muitas vezes, inclusive, o início é um mar de rosas. Mas os meses seguintes são só espinhos.

Você precisa aprender a lidar com essa volatilidade para não desanimar. 

Manter o foco no seu propósito é imprescindível.

Procure ajuda

Se você sente dificuldade para desenvolver as habilidades necessárias para se tornar um empreendedor, você pode e deve procurar ajuda.

É sempre importante ter alguém ao seu lado para apoiar as suas ideias e ajudá-lo com as competências que precisam ser otimizadas.

Um alternativa muito eficaz também é recorrer à educação continuada.

Se você não consegue gerenciar as pessoas que trabalham com você, por exemplo, um curso de Gestão em Recursos Humanos pode ajudar.

Para as suas principais vulnerabilidades, certamente, você encontrará formações que o ajudarão a corrigi-las. 

Inspire-se

Um empreendedor de sucesso precisa de inspiração sempre. Afinal, o trabalho é uma constante. 

E, para quem está começando, vale se inspirar em grandes empreendedores. 

Continue lendo o artigo que adiante você conhecerá excelentes exemplos.

Mas, antes, temos mais algumas dicas.

4 Passos para quem quer investir no empreendedorismo

empreendedorismo 4 passos para quem quer investir no

Além das recomendações que listamos acima, temos mais alguns passos para ajudar você nessa empreitada. Veja só:

1. Definição de atividade

Se você quer investir em empreendedorismo, precisa definir qual será a sua atividade. 

Ou seja, em qual mercado vai atuar e o que você vai oferecer. 

Para tomar essa decisão, avalie sempre as necessidades e comportamentos do consumidor, mas tenha muita atenção para não apostar em algo que possa ser passageiro.

2. Diferenciação

Você deve ainda ter um diferencial competitivo. 

Sua marca será conhecida pelo quê? Por preços baixos, qualidade ou inovação, por exemplo? 

Os consumidores precisam enxergar razões para comprar o seu produto ou serviço, e não o do concorrente.

3. Escalabilidade

Definir uma atividade também exige pensar na escalabilidade dela. Isso significa que você precisa avaliar o potencial de crescimento em longo prazo. 

Se você decide abrir um pet shop, por exemplo, liste todas as atividades que podem ser incluídas depois, como atendimento veterinário, por exemplo. 

O ideal é que seu negócio possa suprir cada vez mais necessidades e atender outros públicos.

4. Consultar e conversar com especialistas

Este passo é muito importante. 

Conversar e consultar especialistas é fundamental para você ter a base necessária para trabalhar com segurança e ter a visão de como funciona o mercado.

Assim, antes de iniciar o seu negócio, procure um lugar especializado para ter esse apoio durante todo o percurso.

E não deixe também de frequentar feiras, workshops e palestras e de se relacionar com outros empreendedores.

Exemplos de empreendedores para você se inspirar

empreendedorismo exemplos de empreendedores para voce se inspirar

Você se lembra de que falamos sobre grandes nomes do empreendedorismo? Espia só alguns deles:

Luiza Helena Trajano

A CEO da Magazine Luiza é um dos principais nomes do empreendedorismo no Brasil. 

A empresa dela tem grande expressividade no comércio. 

A dona Luiza, como é conhecida por muitos, sempre diz: “Faça aos outros o que gostaria que fizessem a você”. Este é um dos segredos dela.

Bill Gates

O fundador da Microsoft dispensa apresentações. 

Afinal, ele idealizou a maior e mais conhecida empresa de software do mundo em termos de valor de mercado. 

E, durante essa trajetória, foram várias lições sobre negócios. 

Uma delas é não lamentar pelos seus erros, e sim, aprender com eles.

Mark Zuckerberg

A história de Mark Zuckerberg, criador do Facebook, é retratada no filme “A Rede Social”. Vale a pena assistir. 

O empreendedor pensa grande e acredita que engajamento e motivação são a chave do sucesso para os negócios.

Abilio Diniz

Mais um brasileiro que figura na lista dos grandes empreendedores do País, Abilio Diniz tem uma história longa. 

Atualmente, ele ocupa a presidência do conselho de administração da BRF. 

Entre as suas várias dicas para obter sucesso, Diniz afirma que é preciso se transformar sempre.

Guy Kawasaki

Guy Kawasaki pode não ser tão conhecido nosso como os outros nomes acima, mas saiba que ele é um dos maiores especialistas mundiais nas áreas de tecnologia e marketing e é considerado uma celebridade no Vale do Silício. 

Kawasaki trabalhou com Steve Jobs nos primórdios da Apple. 

Segundo ele, quando não há oportunidades, é preciso mudar o jogo.

Conclusão

Para você finalizar este artigo inspirado com os empreendedores de sucesso, vamos fazer uma conclusão breve.

Se você tem o desejo de se tornar um empreendedor, não deixe de perseguir o seu sonho.

Mas, lembre-se sempre: é preciso buscar desenvolvimento contínuo.

Nesse sentido, a universidade PUC Paraná pode ajudá-lo. 

Acesse o site e conheça todos os cursos disponíveis.

Gostou do artigo sobre empreendedorismo? Então, aproveite o espaço abaixo para escrever o seu comentário.

Inscreva-se no Blog do EAD PUCPR

blog ead pucpr
cursos empreendedorismo
O que você achou dessa publicação?
Deixe seu comentário aqui.