Você já reparou o quanto dependemos do trabalho de profissionais da área de tecnologia da informação em nosso dia a dia?

Desde softwares que utilizamos no trabalho até a proteção de nossos dados no ambiente virtual, tudo tem a mão e, especialmente, o cérebro de alguém da área de TI.

Embora seja um segmento em ampla expansão no que diz respeito ao mercado de trabalho, ainda existe muitos mitos e informações equivocadas no que diz respeito à atuação de quem lida com tecnologia da informação.

Afinal de contas, foi-se o tempo em que as soluções para problemas relacionados à rede de computadores de uma empresa ficassem apenas na mão do “moço da informática”.

Se você tem interesse em trabalhar na área de TI, mais especificamente com análise e desenvolvimento de sistemas, vale a pena investir seu tempo na leitura deste texto, pois temos ótimas notícias sobre o assunto.

tela de computador com códigos de programação.

O Que É Tecnologia de Informação?

Antes de mais nada, é importante trazer um panorama geral sobre o que é o ramo de Tecnologia de Informação, ou apenas TI, como é chamado pela maioria das pessoas.

A expressão é derivada do inglês Information Technology e trata da criação, manutenção e melhoria de softwares, bancos de dados, hardwares e redes de computadores.

A função de um profissional de TI está diretamente relacionada com a melhoria do modo com que utilizamos informática no cotidiano.

Passa por esse profissional desde o armazenamento de seus arquivos, músicas e vídeos num dispositivo, até o sigilo de dados de uma empresa.

Qual curso é necessário fazer para trabalhar com TI?

Aqui na PUCPR, uma formação muito indicada para quem tem interesse em atuar na área de tecnologia da informação é o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas EAD.

Com titulação de tecnólogo e duração de 2 anos e meio, essa faculdade oferece ao estudante disciplinas como Web, Dispositivos Móveis, Big Data, IoT, Banco de Dados, Engenharia de Software e Gestão de Projetos, dando toda a base para que, após a conclusão do curso, o profissional possa trabalhar nos mais variados projetos de TI.

Mesmo com a duração menor, o diploma de tecnólogo tem o mesmo peso de um bacharelado ou licenciatura.

A procura por essa formação aumentou muito nos últimos anos, tanto que, em 2018, o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas foi o mais concorrido do Brasil no Sistema de Seleção Unificada, o Sisu.

A disputa por uma vaga nessa área é justificada pelo amplo mercado de trabalho, que, a cada dia, oferece mais vagas para esses profissionais.

Carreira, salários e mercado de trabalho

Por ser uma formação que atua desde a criação de programas até implementação de soluções em estoques de grandes varejistas e e-commerce, por exemplo, o profissional de análise e desenvolvimento de sistemas tem sido muito requisitado nos últimos anos.
Com o crescimento das transações financeiras e comerciais pela internet, o mercado é amplo para bons profissionais nesta área.

Em 2018, o crescimento do mercado de tecnologia da informação foi de 6,7% em todo mundo, enquanto no Brasil, aumento foi de 9,8%. Isso reforça a tese de que o mercado está bem aquecido. De acordo com a Associação Brasileira de Empresas de Software, o Brasil é o 9° mercado do mundo nesse segmento.

Quanto à remuneração, um analista de sistemas ganha em média, no Brasil, R$3944,82 por mês, podendo chegar a R$6580,17, dependendo da especialidade. Os números são do site Catho.

Uma alternativa interessante para quem se forma em análise e desenvolvimento de sistemas é abrir o próprio negócio, oferecendo soluções de TI para outras empresas e até mesmo trabalhando para o poder público.

mãos digitando em notebook.

Como é o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas EAD?

Conforme citamos anteriormente, o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas EAD tem 2 anos e meio de duração, com foco nos aspectos práticos da profissão. A grade curricular da faculdade é a seguinte:

1° ANO

Banco de Dados para Tecnologia da Informação
Comunicação Aplicada
Empreendedorismo e Inovação
Ética
Fundamentos da Programação Orientada a Objetos
Fundamentos de Internet das Coisas
Fundamentos de Programação Web
Introdução à Filosofia
Matemática Aplicada à Computação
Métodos de Pesquisa e Ordenação em Estruturas de Dados
Raciocínio Computacional
Teologia e Sociedade

2° ANO

Educação, Identidade e Solidariedade
Especificação de Sistemas de Informação
Fundamentos de Big Data
Fundamentos Engenharia de Software
Gestão de Projetos em Computação
Inteligência Analítica em Negócios
Interação Humano Computador
Internet das Coisas em um Mundo Conectado
Métodos Ágeis em TI
Projeto de Sistemas de Informação
Segurança da Tecnologia da Informação

3° ANO

Cloud Computing
Desenvolvimento para dispositivos móveis
Integração de Aplicações
Libras (optativa)
Sistemas Web Seguros
Tecnologias Para Desenvolvimento Web
Teste de Software

As aulas no formato EAD ocorrem no ambiente virtual de aprendizagem, o AVA. É lá que ficam disponíveis os materiais que o aluno vai usar em sua rotina de estudos, como livros, infográficos, vídeos e exercícios.

As provas ocorrem de maneira presencial, no local definido pelo estudante no momento da matrícula.

Para ingressar no curso de Análise de Sistemas EAD da PUCPR é necessário que o candidato já tenha concluído o ensino médio.

As formas de entrada são: seletivo, no qual o estudante apresenta uma carta de interesse em ingressar na faculdade, junto com o histórico escolar, transferência de outra instituição ou através da nota do ENEM.

Quem já tem um diploma universitário e está em busca da segunda graduação, também pode ingressar no EAD, sem a necessidade de fazer o seletivo.

No site da PUCPR, é possível saber detalhes do ingresso e até mesmo sobre bolsas de estudo.

Outras graduações na área de TI

A PUCPR oferece no EAD outras graduações para quem tem interesse em trabalhar no ramo de TI, como é o caso de Engenharia de Software.

Neste caso, o curso é semipresencial, com encontros em sala de aula duas vezes por semana. Outra diferença é a duração de 4 anos e a titulação de bacharelado.

O engenheiro de software também tem uma remuneração que varia entre R$ 3105,00 e R$8201,00, segundo o portal Educa Mais Brasil.

Esse profissional, ao final da graduação, terá todo o conhecimento necessário para planejar os projetos de TI, avaliar a qualidade dos processos implementados, monitorando e controlando a execução, além de intervir quando necessário para a melhoria dos processos de tecnologia da informação em empresas ou órgãos públicos.

As formas de ingresso para a faculdade de Engenharia de Software são as mesmas do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas.

Lembrando que um diploma de curso superior EAD tem a mesma validade do presencial, garantindo ao estudante que se forma as mesmas oportunidades no mercado de trabalho de quem obteve a graduação pelo modelo tradicional.

Outro curso que está em alta no momento e que tem relação com TI é Tecnologia em Big Data e Inteligência Analítica EAD. Essa faculdade forma profissionais responsáveis pela análise de grandes volumes de dados, ajudando na segurança e até na tomada de decisão das empresas.

Ao longo da graduação de 2 anos e meio, o estudante terá contato com áreas como matemática aplicada à computação, segurança da tecnologia da informação e técnicas de machine learning.

Para esses profissionais, a remuneração parte de R$3009,65, mas pode chegar a R$9934,19 em grandes empresas.

Conclusão

A área de Tecnologia da Informação é vasta e oferece um grande número de vagas em todo o país. Não é à toa que o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas é um dos mais procurados da atualidade.

À medida que a tecnologia avança, é necessário que novos conhecimentos sejam desenvolvidos para lidar com essa evolução, e é para isso que os profissionais de TI são tão importantes em nosso dia a dia.

Vale lembrar que os cursos de Engenharia de Software e Big Data e Inteligência Analítica também preparam para o mercado de TI, que é visto por muitos como o nicho do futuro.

Com qual dessas profissões você se identificou mais? Caso ainda esteja indeciso, convidamos a acessar o site da PUCPR EAD. Lá é possível analisar cada uma delas.
A PUCPR é a principal universidade privada do Paraná e todos os anos forma pessoas aptas a atuarem nas principais organizações do país e do mundo.

Ficou com alguma dúvida? Que tal escrever um comentário no campo abaixo? Se preferir, fique à vontade para compartilhar esse artigo com seus amigos através das redes sociais.

Inscreva-se no Blog do EAD PUCPR

Nova call to action

Saiba como virar
um grande profissional:

ead pucpr
O que você achou dessa publicação?
Deixe seu comentário aqui.