Tags: Ensino Superior

O curso de TI (Tecnologia da Informação) forma profissionais para atuarem em áreas estratégicas das empresas, utilizando dados e sistemas digitais para pensar em soluções inovadoras.

A área de Tecnologia da Informação tem, cada vez mais, disponibilizado vagas, seja no Brasil ou no exterior, mas há poucos profissionais qualificados no mercado de trabalho.

Investir nessa formação, portanto, pode ser uma ótima oportunidade de crescimento profissional.

Leia o artigo para descobrir como é o curso de TI, mercado de trabalho, salário e mais.

Neste artigo você vai conferir:

Como é o curso de TI?
Técnico ou tecnólogo?
Por que investir na graduação em Gestão da Tecnologia da Informação?
O perfil do profissional de TI
Mercado de trabalho e áreas de atuação
Conclusão

Tela de um computador preta mostrando alguns códigos de programação.

Como é o curso de TI?

Segundo as orientações do Ministério da Educação (MEC) para cursos superiores na área de Tecnologia da Informação, essa graduação deve formar o profissional para desempenhar as seguintes funções:

  • Gerenciamento de recursos de hardware, software e pessoal de Tecnologia da Informação, em um alinhamento direto com os objetivos e o planejamento estratégico das organizações;
  • Projeção de soluções de TI para o processo de gerenciamento das empresas;
  • Implementação e gerenciamento dos sistemas informatizados nas empresas;
  • Análise e gerenciamento de contratos de serviços de tecnologia;
  • Avaliação e emissão de parecer técnico em sua área de formação.

Tendo isso em vista, os cursos de TI possuem duas frentes de formação: uma mais técnica e outra mais voltada para gestão e governança.

Cada instituição de ensino tem sua própria matriz curricular para o curso, mas existem algumas disciplinas comuns, como:

  • Arquitetura e Redes de Computadores;
  • Algoritmos;
  • Banco de Dados;
  • Matemática Financeira;
  • Empreendedorismo;
  • Engenharia de Software;
  • Estratégias em Tecnologia da Informação;
  • Ferramentas de Desenvolvimento para Web;
  • Gestão da Segurança de TI;
  • Gestão de Infraestrutura de TI;
  • Gestão de Projetos;
  • Gestão Estratégica de Pessoas;
  • Gestão de Serviços de TI;
  • Qualidade de Software;
  • Gestão de Sistemas Corporativos;
  • Governança de TI;
  • Modelagem de Software;
  • Modelagem de Processos de Negócio;
  • Inteligência de Negócios;
  • Probabilidade e Estatística;
  • Sistemas Operacionais.

No curso de Gestão da Tecnologia da Informação da PUCPR você aprende questões técnicas, como Internet das Coisas (IoT), Big Data e sistemas ciberfísicos.

No entanto, o foco do curso é a gestão de projetos e pessoas que atuam nessas áreas, por isso existem disciplinas sobre organização e planejamento de processos e serviços, enfocando na entrega de produtos com qualidade, eficiência e lucratividade para as empresas.

O objetivo dos cursos de Tecnologia da Informação é preparar os estudantes para melhorarem e otimizarem processos e procedimentos das organizações, sempre em busca de redução de custos e soluções.

Técnico ou tecnólogo?

A área de Tecnologia da Informação possui diferentes níveis de formação, indo de cursos de ensino médio até outros de pós-graduação.

A principal diferença entre um técnico e um tecnólogo em TI, portanto, é o tipo de certificação ou diploma concedido, considerando a escolaridade.

Enquanto os tecnólogos são feitos a nível de graduação e duram entre 2 e 3 anos, os cursos técnicos são feitos a nível médio e podem durar apenas alguns meses.

Outra diferença é que os cursos técnicos de TI formam profissionais mais operacionais, preparados para o dia a dia das demandas da área, enquanto os tecnólogos, além dessa formação técnica, também possuem um caráter mais gerencial e estratégico em sua atuação.

Na PUCPR o curso de Gestão da Tecnologia da Informação é tecnólogo e possui 2,5 anos de duração. Além de ser um curso rápido, ainda é oferecido na modalidade EAD, que permite maior flexibilidade durante as atividades curriculares.

Os cursos com ensino a distância são o tipo de faculdade ideal para aqueles que precisam conciliar trabalho e estudos, já que os horários das aulas e a realização de avaliações podem ser encaixadas na rotina.

As aulas EAD ainda têm a vantagem de poderem ser assistidas em smatphones, por exemplo, e em diferentes lugares, inclusive aproveitando o tempo de deslocamento no transporte público entre o seu trabalho e a sua casa.

Outra possibilidade de formação para os que tem afinidade com a área de tecnologia é o curso de Sistemas de Informação (bacharelado), que tem duração de 4 anos e prepara profissionais para desenvolver e gerir sistemas de informação, focando na a solução de problemas em diferentes áreas de negócio.

Vários estudantes com capelo de formatura.

Por que investir na graduação em Gestão da Tecnologia da Informação?

A área de Tecnologia da Informação pode abrir portas para uma carreira promissora, não só por ter um potencial de mercado, mas também por ter uma flexibilidade em relação as possíveis áreas de atuação.

Ainda está em dúvida se investir na graduação em Gestão de Tecnologia da Informação é um bom negócio? Veja 4 motivos que vão te fazer pensar melhor sobre essa possibilidade!

1. É uma das profissões do futuro 🌐

O Linkedin, rede social profissional, fez um levantamento em 2020 e constatou que, das 15 profissões emergentes para os próximos anos, 9 estavam diretamente relacionadas com a área de Tecnologia da Informação.

O cargo de engenheiro(a) de cibersegurança, por exemplo, teve um aumento anual de 115%, enquanto a ocupação de cientista de dados teve um aumento de 78%.

2. O mercado de trabalho está em constante expansão 📊

A área de TI tem um grande potencial de mercado. O que isso quer dizer? Dificilmente esse setor será esquecido, já que, posta a evolução tecnológica rápida e constante que assistimos, a tendência é, cada vez mais, esses profissionais serem necessários em todos os tipos de empresa.

Novas oportunidades de carreira vão surgindo a cada ano, como as relacionadas com Cloud Computing, Internet das Coisas, Big Data e Inteligência Artificial.

3. As remunerações são altas 💰

Os profissionais formados em TI costumam iniciar as suas carreiras com uma média salarial mais alta do que a maioria das profissões.

Os salários variam de acordo com o cargo exercido e a localidade e porte da empresa, mas de maneira geral analistas de TI ganham a partir de R$ 2.500, podendo chegar a salários de R$ 16.000 segundo o Guia da Carreira.

4. Formação rápida e EAD💻

O investimento no curso de Gestão de Tecnologia da Informação costuma ter um ótimo custo-benefício já que, como é tecnólogo, o tempo de duração varia entre 2 e 3 anos, tendo o diploma mais rápido do que em cursos de bacharelado.

Além disso, há a possibilidade de você optar pelo ensino a distância, o que permite uma flexibilidade de horários e adequação dos estudos a sua rotina, sem precisar deixar os seus compromissos com o trabalho.

O perfil do profissional de TI

Agora que você já sabe que fazer um curso de TI possui um ótimo custo-benefício em relação ao mercado de trabalho, você pode estar se perguntando: será que realmente tenho o perfil para atuar nessa área?

Veja algumas características importantes para quem vai trabalhar com Tecnologia da Informação:

Adaptabilidade: a tecnologia é, por si só, mutável, e sofre alterações muito rapidamente. Por isso, o profissional de TI deve ter facilidade em se adaptar a novas ferramentas, técnicas e áreas de atuação.

Comunicação: a comunicação se tornou, hoje, uma qualidade inerente a qualquer profissão. Ser comunicativo é central para mostrar todas as suas habilidades e ter um bom relacionamento com colegas, chefes e equipes.

Criatividade: por criar soluções, o profissional de TI precisa ser criativo e inovador no seu dia a dia. Com a criatividade é possível aprimorar suas próprias capacidades e reinventar seu trabalho cotidianamente.

Dinamismo: justamente por ser uma área mutável, quem trabalha com TI deve ter em mente que a profissão é sempre muito dinâmica. Sempre em movimento, esse profissional precisa ser proativo para ter sucesso na área.

Gestão de projetos: para os profissionais que querem atuar em posições de liderança, ter a noção de como funcionam gestões de projetos é um diferencial importante.

Línguas: muitos materiais de estudo sobre tecnologia e linguagens de programação são em inglês, por isso ter o conhecimento nessa língua é fundamental para ter um bom desenvolvimento na área.

Pensamento analítico: quem trabalha com TI precisa, constantemente, fazer análise e avaliações dos problemas para propor soluções, então ter um pensamento analítico é essencial.

Trabalho em equipe: um profissional de TI não trabalha sozinho, além de atender setores diferentes de uma mesma empresa, também precisa de outros profissionais para propor soluções eficientes.

Visão de negócio: ter uma visão ampla de negócio e do mercado onde atua é um diferencial importante para propor soluções eficazes não só para os colaboradores da empresa, mas também para o público final dos produtos ou serviços.

Mão segurando um celular e mexendo em computador.

Mercado de trabalho e áreas de atuação

Independente do porte ou do segmento da empresa ou organização, o profissional de TI tem um papel essencial.

Como hoje a maioria dos processos de trabalho é automatizado, contando com armazenamento de dados online e de recursos tecnológicos como ferramentas de trabalho, a função desse profissional é gerir e auxiliar os colaboradores no dia a dia com os sistemas de fluxos de informação.

Além de apoiar o funcionamento de equipes de diferentes áreas dentro de uma empresa, o formado em Tecnologia da Informação ainda tem impacto direto nos resultados e soluções empresariais.

Veja algumas possíveis áreas de atuação:

  • Administração de Redes;
  • Cientista de dados;
  • Arquiteto de soluções Big Data;
  • Business intelligence;
  • Chief Technology Officer;
  • Especialista em Cloud Computing;
  • Especialista em e-commerce;
  • Inteligência artificial;
  • Programação;
  • Programador mobile;
  • Qualidade de Software;
  • Segurança da Informação;
  • Suporte técnico.

O campo de atuação da Tecnologia da Informação é, portanto, vasto e flexível, apresentando oportunidade para profissionais com diferentes expertises.

Conclusão

Neste artigo você conferiu porque fazer o curso de TI pode ser um importante impulso na sua carreira profissional. O curso de Gestão em Tecnologia da Informação EAD é tecnólogo e tem duração de 2,5 anos.

Além do ótimo custo-benefício, a área de TI também está em ascensão, com novas oportunidades de trabalho surgindo a cada ano, e possui remunerações mais altas do que outras profissões.

Com a graduação em Tecnologia da Informação você também poderá ter a possibilidade de escolher onde atuar, já que a área possui bastante flexibilidade e variedade em relação a atuação profissional.

Gostou desse conteúdo? Acompanhe o blog EAD PUCPR para ter acesso a mais artigos sobre educação e mercado de trabalho.

New call-to-action

Inscreva-se no Blog do EAD PUCPR

New call-to-action

Saiba como virar
um grande profissional:

ead pucpr
O que você achou dessa publicação?
Deixe seu comentário aqui.