Tags: ENEM

A criatividade e a inovação são características presentes em toda história da humanidade. Grande parte das facilidades que temos na atualidade, desde a roda até a eletricidade, surgiram a partir de pensamentos fora da caixa. São as ideias criativas e inovadoras que nos fazem evoluir enquanto sociedade.  

Para além dos grandes feitos e descobertas da história, diversas empresas na atualidade já se atentaram para a importância de investir e estimular a criatividade e a inovação em seus ambientes de trabalho.   

Você já parou para pensar o que grandes empresas como GoogleFacebookNetflix e Uber têm em comum? 

Além de trabalhar com tecnologia, essas organizações investem diariamente em uma cultura empresarial que estimula a criatividade e a inovação em seus colaboradores.   

No dia a dia, com as rotinas e demandas intensas de trabalho, sabemos que pode ser difícil encontrar tempo para desenvolver e estimular essas características.  

Apesar disso, buscar saídas criativas e inovadoras segue sendo essencial para o crescimento do profissional e da empresa.   

Neste artigo, vamos falar mais sobre criatividade e inovação, explicando a diferença entre os conceitos e dando algumas dicas para estimulá-los.   

Confira: 
O que é inovação? 
O que é criatividade? 
Criatividade x Inovação: qual a diferença entre elas? 
Dicas para estimular a criatividade e a inovação 
Cursos que usam a criatividade e inovação 
Como é o mercado para pessoas com perfil criativo e inovador? 
Conclusão 

criatividade-e-inovacao - papel amassado amarelo dando corpo a um desenho de lâmpada

O que é inovação? 

Quando pensamos em inovação, é comum que descobertas ou criações geniais venham à nossa mente.   

Claro que esses grandes feitos têm altas doses de inovação em seu DNA, mas o conceito é bem mais simples do que pensamos.   

A palavra inovação deriva do termo latino innovatio, referindo-se a uma ideia, método ou objeto que é criado e que não se assemelha aos padrões anteriores.  

Além disso, o conceito de inovação está muito associado à aplicabilidade. Ou seja, inovação é criar algo novo e que atenda a uma necessidade real, impactando positivamente a qualidade de vida e o desenvolvimento humano.  

Pensando no contexto de uma empresa, inovação é uma ideia que foi implementada e trouxe bons resultados.   

Encontrar formas de fazer mais com menos recursos e implementar mudanças para aumentar a eficiência de processos administrativos e financeiros são maneiras de inovar, por exemplo.   

Inovação é um processo de transformação.  

Na atualidade, é muito comum associarmos inovação à tecnologia, o que não está errado.   

A tecnologia tem despertado ideias inovadoras em muitas pessoas. No entanto, isso não quer dizer que não exista inovação sem tecnologia.   

Independente se envolve tecnologia ou não, o mais importante quando falamos de inovação é o impacto que a proposta tem sobre as pessoas

>>> Leia também: atitude empreendedora: o que é, exemplos práticos e como ter 

O que é criatividade? 

De acordo com as definições do Oxford Languages, dicionário de português do Google, criatividade é a  “qualidade ou característica de quem ou do que é criativo”  ou a “ inventividade, inteligência e talento, natos ou adquiridos, para criar, inventar, inovar, quer no campo artístico, quer no científico, esportivo etc”.   

Em linhas gerais, criatividade é a capacidade de criar, imaginar ou produzir algo novo e diferente.   

Logo nos primeiros anos de vida, somos incentivamos a trabalhar a criatividade. As crianças, por exemplo, possuem uma alta capacidade para pensar fora da caixa e propor novos olhares sobre aquilo que já conhecem.   

No entanto, conforme crescemos e aumentam as responsabilidades e convenções sociais, é muito comum que nosso potencial criativo se enfraqueça. Não é à toa que muitos adultos não se consideram pessoas criativas.  

Mesmo que a criatividade perca sua potência ao longo dos anos, nunca é tarde para tentar recuperá-la.   

A criatividade não é um dom que ilumina algumas pessoas e outras não. Todos os indivíduos têm a capacidade de serem criativos, a diferença é que alguns exercitam mais do que outros.  

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se.

Criatividade x Inovação: qual a diferença entre elas? 

Ao ler as definições de criatividade e inovação, é possível que você tenha identificado paralelos entre os dois conceitos.   

Assim, o primeiro ponto importante para esclarecermos é que criatividade e inovação não são a mesma coisa. Apesar de serem conceitos complementares entre si, não podemos usá-los como sinônimos.   

Enquanto a criatividade é a capacidade de produzir ideias novas e inéditas, o conceito de inovação se refere à concretização dessas abstrações.   

A criatividade é uma habilidade, um potencial subjetivo que nossa mente libera de acordo determinadas situações e estímulos. A criatividade é algo que existe dentro da nossa mente e pode ser canalizada ou não para uma ação.

>>> Leia também: as hard skills e soft skills mais procuradas pelas empresas

Já a inovação está totalmente relacionada à ação. É quando a ideia é colocada em prática e passa a impactar a vida das pessoas. Ou seja, a criatividade é o primeiro passo para a inovação. 

Dicas para estimular a criatividade e a inovação 

dicas-para-estimular-a-critividade-e-inovacao - homem segurando caneta em frente ao computador

Prazos apertados, muitas demandas, falta de tempo. São inúmeras as razões que podem impedir um indivíduo de ter a criatividade e a inovação como parte da rotina.   

Essas duas características são essenciais para o sucesso de qualquer profissional. A boa notícia é que com algumas mudanças simples é possível estimular a criatividade e a inovação todos os dias. Confira:   

1 - Comece pelo pequeno  

Muitas pessoas acreditam que ser criativo e inovador é ter ideias grandiosas que vão impactar a vida de milhares de pessoas e trazer reconhecimento.  

A criatividade e a inovação estão nos grandes feitos e descobertas da história da humanidade, mas também estão nas coisas pequenas do dia a dia.  

Trazer ideias que proponham mudanças positivas para sua rotina ou da sua empresa já são um ótimo começo. Comece refletindo sobre as coisas pequenas que o cercam.   

2 - Esteja atento ao seu redor  

“Ideias todo mundo tem. Como é que entram na cabeça da gente? Entram porque a gente lê, observa, conversa, vê espetáculos”, disse a escritora Ruth Rocha  

Como explica Rocha, as boas ideias não nascem do nada. É preciso estar atento ao que acontece no mundo, desde os noticiários até os memes que circulam nas redes sociais.   

Os acontecimentos que nos cercam são constante fonte de inspiração e podem apontar caminhos para propor algo inovador.   

3 - Mexa seu corpo 

Com o trabalho remoto, tendência que cresceu com a pandemia da Covid-19, muitos profissionais têm passado ainda mais tempo sem se movimentar.   

O estado físico do corpo também é importante para a criatividade. Praticar exercícios físicos libera hormônios do bem-estar e ajuda na circulação sanguínea. Para a mente funcionar corretamente, o corpo também deve estar em sintonia.   

Dessa forma, manter o corpo em movimento também é uma maneira de estimular e desenvolver a criatividade.    

4 - Dê um tempo à sua mente  

Quantas vezes você ficou insistindo horas em uma ideia que não levou a nada? O processo de criação pode ser bem cansativo para a mente.  

Por isso, dar um descanso à mente e se afastar por algumas horas do que deve ser produzido pode ser uma boa saída. Dê um tempo para sua cabeça se recuperar e abra caminho para novas ideias.   

“O segredo da criatividade está em dormir bem e abrir a mente para as possibilidades infinitas. O que é um homem sem sonhos?”, disse o grande físico Albert Einstein 

>>> Leia também: o que é intraempreendedorismo e como desenvolver

Cursos que usam criatividade e inovação

Todas as profissões, em alguma proporção, vão exigir profissionais com espírito criativo e inovador. No entanto, existem algumas em que a criatividade e a inovação são ainda mais importantes.   

Listamos abaixo algumas das graduações do EAD da PUCPR que mais trabalham com criatividade e inovação em suas grades curriculares. Confira:   

Administração 

Gestão de Marketing em Mídias Digitais 

Pedagogia 

Marketing 4.0  

Como é o mercado para pessoas com perfil criativo e inovador? 

mercado-para-pessoas-criativas-e-inovadoras

Formação sólida, domínio de idioma estrangeiro e boas experiências profissionais continuam sendo requisitos essenciais para concorrer a vagas de emprego  

Mas além disso, cada vez mais empresas buscam por profissionais que sejam capazes de trazer e propor soluções originais, encontrando formas criativas e inovadoras de resolver os percalços diários.   

Na atualidade, além de ter um bom currículo, os candidatos devem mostrar suas capacidades de inventividade e adequação aos mais diversos cenários.   

Se você acha que ainda não tem essas características, não se preocupe. A criatividade e inovação podem ser trabalhadas e adquiridas. Abaixo, sugerimos algumas leituras sobre o assunto:  

capa do livro um toc na cuca
Capa do livro criatividade e inovação
Capa do livro encontre sua criatividade
Capa do livro somos todos criativos
Use sua nota do ENEM para ganhar uma bolsa de estudos!

Conclusão  

Neste artigo, explicamos mais sobre criatividade e inovação, bem como a diferença entre os dois conceitos.   

Com as rotinas atribuladas e a correria do dia a dia, pode ser difícil encontrar espaço para desenvolvê-las. Apesar disso, essas características têm sido cada vez mais valorizadas no mercado de trabalho.   

Sendo assim, é essencial que os profissionais da atualidade busquem maneiras para estimular a criatividade e a inovação em suas tarefas cotidianas.  

Ser criativo e inovador é uma construção, estando ao alcance de todos que desejarem crescer e se desenvolver cada vez mais.

Inscreva-se no Blog do EAD PUCPR

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se.

Modelo de currículo para
conquistar a vaga dos sonhos:

New call-to-action
O que você achou dessa publicação?
Deixe seu comentário aqui.