Prouni

Como funciona o Prouni?

EAD PUCPR   |    | 4 min de leitura
Saiba mais
Ler o Post

 Tags: Prouni

O Prouni (Programa Universidade para Todos) é um programa do Ministério da Educação, criado em 2004 pelo governo federal, que oferece bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superior.

Essas bolsas podem ser integrais ou parciais, onde 50% da mensalidade é custeada pelo programa.

As bolsas integrais são destinadas para candidatos com renda bruta familiar de até 1,5 salário mínimo por pessoa.

Já as bolsas parciais (50% do valor) são destinadas para candidatos com renda bruta familiar de até 3 salários mínimos por pessoa.

Neste artigo, vamos te explicar como funciona o Prouni e como você pode se inscrever no programa para conseguir um bolsa

Como participar do Prouni? 

Para participar do programa, os estudantes devem cumprir os seguintes requisitos:

  1. Não possuir diploma de curso superior;
  2. Ter realizado a edição mais recente do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem, e obter, no mínimo, 450 pontos na média das notas. Ainda, não pode zerar a redação (que vale 1.000 pontos no Enem).

Além disso, os estudantes devem se enquadrar em alguma das situações abaixo:

  • ter cursado todo o ensino médio na rede pública, ou na rede particular na condição de bolsista integral da própria escola;
  • Estudantes com deficiência: não é necessário ter cursado todo ensino médio na rede pública ou na rede particular na condição de bolsista integral da própria escola;
  • ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e integrando o quadro de pessoal permanente da instituição, e concorrer a bolsas de estudo em cursos de licenciatura. Nesse caso não é exigida a comprovação de renda;

Braço de pessoa branca apontando para um laptop cinza. No pulso, há um relógio preto. Há uma segunda mão na foto que está mexendo no sensor do laptop. Essa mão é branca e, no dedo médio, usa um anel de prata. / como-funciona-o-prouni

Como se inscrever no Prouni?

As inscrições são feitas exclusivamente pela internet, através do site do Prouni. É importante ressaltar que todo o processo é gratuito.

Ao inscrever-se, o candidato escolhe, de acordo com a sua preferência, duas opções de cursos e seus respectivos turnos, seguindo oferta da instituições de ensino que participam do programa.

O candidato com deficiência ou que se autodeclarar indígena, preto ou pardo pode optar por concorrer a bolsas destinadas a políticas de ações afirmativas.

É importante ficar de olho na nota de corte, que é a menor nota para conseguir ingressar no curso escolhido. A nota de corte é atualizada pelo sistema diariamente.

Então, se você observar que, em uma das suas escolhas, a sua nota está abaixo da nota de corte, significa que você não será selecionado para a vaga.

Ao longo do processo de inscrição, você pode alterar as opções escolhidas. Será considerada válida a última inscrição confirmada, quando terminar o prazo de inscrição. 

Fique de olho na nota de corte, mas também nas duas opções de escolha, que não são aleatórias, conforme vamos exemplificar na próxima etapa. 

Como é a seleção do Prouni?

Após terminar as inscrições, o Prouni pré-seleciona os candidatos, conforme suas notas do Enem e a opção de escolha. Após ser pré-selecionado, o candidato tem um prazo para comprovar sua documentação junto à Universidade. Confira no site oficial a lista de documentos exigidos.

É importante ressaltar que o estudante é pré-selecionado somente para uma opção de curso.

Vamos exemplificar:

Um estudante X obteve 720 pontos de média no Enem.

No Prouni, escolheu como primeira opção o curso de Engenharia Civil para a Instituição de Ensino Y e, como segunda opção, o curso de Engenharia Elétrica para a Instituição de Ensino W.

A Instituição de Ensino Y possuía 650 pontos como nota de corte para ingressar no curso de Engenharia Civil.

A Instituição de Ensino W possuía 500 pontos como nota de corte para ingressar no curso de Engenharia Elétrica.

Em ambas as situações estaria aprovado. Porém, como ele escolheu como primeira opção o curso de Engenharia Civil na Instituição de Ensino Y, o sistema selecionará ele para essa vaga. Além disso, não poderá ser aprovado na segunda opção.

Numa outra hipótese, ele poderia ser reprovado na primeira opção, mas aprovado na segunda.

Segunda chamada e lista de espera

Caso ocorram vagas remanescentes da primeira chamada, o Prouni convoca uma segunda chamada para preenchê-las. Assim como na primeira chamada, o candidato terá um período para a entrega dos documentos.

Quem não for convocado nas chamadas regulares, pode manifestar interesse em participar na Lista de Espera, no site do Prouni.

As bolsas que não forem preenchidas na primeira e na segunda chamada serão disponibilizadas para os interessados na Lista de Espera.

Como calculo a minha média?

Uma das condições para participar do Prouni é ter, no mínimo, 450 de média no Enem. Para calcular esse valor você deve:

  1. somar todas as notas obtidas nas provas do Enem (ciências da natureza e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; linguagens, códigos e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias e redação);
  2. dividir o resultado da soma por cinco (número de áreas avaliadas pelo Enem).

Exemplificando: vamos supor que suas notas nas áreas do Enem foram:

Ciências da natureza e suas tecnologias: 730
Ciências humanas e suas tecnologia: 540
Linguagens, códigos e suas tecnologias: 530
Matemática e suas tecnologias: 750
Redação: 720

A soma de todas essas notas é 3.270. Dividindo esse valor por 5, obtemos 654. Portanto, você estaria apto para participar do Prouni.

Quantas vezes por ano acontece o Prouni?

O Prouni acontece, normalmente, duas vezes ao ano: em janeiro e na metade do ano (em junho ou julho).

Em 2021, no entanto, vão ocorrer três edições, conforme já informado pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), instituição responsável pela operação do Enem.

O calendário foi revisto devido à pandemia do Coronavírus e a consequente readequação das Instituições de Ensino. 

Além de uma primeira edição, que teve seu período de inscrição entre 2 a 15 de janeiro, também haverá uma próxima edição em abril, com data para ser confirmada, onde os candidatos poderão usar as notas do Enem 2020 (que serão divulgadas no dia 29 de março).

Ainda não há informações concretas sobre a terceira edição.

Para saber as datas importantes, fique de olho no site oficial do Prouni.

Se você gostou das dicas, acompanhe outros artigos do blog EAD PUCPR. 

New call-to-action

Inscreva-se no Blog do EAD PUCPR

New call-to-action

Saiba como virar
um grande profissional:

ead pucpr
O que você achou dessa publicação?
Deixe seu comentário aqui.