Tags: Dicas

Estudar em casa parecer ser uma tarefa bem desafiadora, não é mesmo?

É preciso ter muita disciplina para manter o conteúdo em dia. Afinal, temos muitas distrações na nossa volta.

Mas tudo isso tem solução! Com muita paciência e força é possível ter muito sucesso estudando sozinho, a distância.

Neste artigo, vamos dar algumas dicas sobre como estudar em casa e aproveitar o máximo possível das vantagens do EAD.

mulher jovem observando computador enquanto faz anotações

Encare os estudos como um hábito

O primeiro passo é simples, porém é preciso de muita persistência.

Os estudos não devem ser encarados como uma obrigação, mas sim como um hábito que será incorporado aos poucos na nossa rotina.

E, como qualquer novidade, precisamos de muita paciência. Pesquisas constataram que pode demorar de 18 a 254 dias para desenvolver um novo hábito. Tudo depende do comportamento do indivíduo e das circunstâncias.

Para ficar mais fácil, sugerimos que você defina um horário fixo para estudar, considerando a sua rotina. Para quem trabalha em turno integral, o melhor horário para estudar, com certeza, será a noite. Assim, reserve algumas horas nesse período para se dedicar.

Importante: Faça o seu melhor. Não se culpe e nem exija perfeição. Certamente, haverá dias mais produtivos do que outros, e está tudo bem! 😊

No próximo tópico, vamos falar sobre uma ferramenta que pode te auxiliar nessa missão: o cronograma de estudos.

Crie um cronograma de estudos

Criar um cronograma de estudos serve para que você consiga visualizar com mais clareza a sua rotina e definir o melhor jeito de como estudar em casa.

No cronograma, identifique seus compromissos: trabalho, consultas médicas, tarefas domésticas, entre outros.

Depois de identificar o tempo que você tem disponível para estudar, é a hora de distribuir as matérias.

Uma das principais vantagens para quem estuda a distância é, com certeza, a flexibilidade e a personalização dos estudos.

Isso significa que você pode dedicar mais tempo para disciplinas que você tem mais dificuldade, respeitando as suas necessidades.

Trace metas realistas

Estar motivado é crucial na hora de estudar. Para manter a motivação ativa é importante traçar metas realistas.

Mas o que isso quer dizer?

Durante a sua rotina de estudos você precisa respeitar o seu tempo e, é claro, a sua saúde.

Não sature sua mente tentando abraçar diversas atividades. Como ler um livro inteiro de 200 páginas em uma noite. Não cumprir as atividades pode causar frustração e estresse.

Procure estudar um pouquinho a cada dia e não deixe o conteúdo acumular. Ao final da jornada, você vai ver que o esforço valeu a pena.

mesa de estudos com notebook e livros.

Crie um espaço para os estudos

Para ajudar você a transformar sua casa em uma sala de aula, que tal criar um espaço para estudar?

Pode ser um escritório, uma escrivaninha no quarto e, até mesmo, um cantinho na mesa de jantar. O importante é seja um espaço agradável, onde o seu cérebro possa compreender que é hora certa de manter o foco.

Garanta que o seu local de estudos seja confortável, com uma cadeira adequada para a sua postura e bem iluminado.

Organize seus materiais

Organização e proatividade andam juntas. Quando conseguimos nos organizar, as coisas fluem bem melhor, não é mesmo?

Durante os estudos não é diferente. Uma das principais chaves para o sucesso de estudar em casa é, sem dúvida, a organização.

Primeiro, fique atento para a organização do seu espaço de estudo. Mantenha-o limpo, sem muita bagunça. Antes de estudar, reúna tudo o que você precisa: papéis, livros e canetas. Assim, você não vai precisar parar seus estudos para ficar procurando algo.

Outro ponto de atenção é com o seu material de estudos. Ao longo da nossa jornada, acumulamos diversos documentos, físicos e on-line. Posteriormente, podemos precisar desse material para revisão. Assim, é importante manter a ordem para não se perder em diversas informações.

No caso dos materiais on-line é possível acessar diversas ferramentas para armazená-los, como o Google Drive e o Dropbox.

Evite distrações

Em casa, precisamos “blindar” nossa mente das distrações que nos rodeiam, como a televisão e o celular. 

No momento de estudos, é importante que você “fuja” do que possa vir atrapalhar o seu desempenho.

Mantenha a televisão desligada e desconecte-se do que possa te distrair na internet, como as redes sociais.

Isso não significa, é claro, que a internet é vilã. Bem pelo contrário, para quem estuda a distância, ela é uma ferramenta necessária.

O importante é saber usar a tecnologia com sabedoria. Evite dar aquela “olhadinha” nas redes sociais, por exemplo. Esse tempo pode virar uma “bola de neve” a atrapalhar o seu desempenho.

Existem diversos aplicativos e sites na internet que podem te ajudar nessa missão.

Um exemplo bem legal é a extensão para Google Chrome, StayFocusd. Essa extensão permite que você bloqueie sites que você não deseja acessar por dias e horários específicos.

Mantenha o equilíbrio

Estudar em casa não significa que você vai passar horas e horas debruçado em livros. Isso, inclusive, pode te prejudicar, pois seu cérebro vai cansar e não estará 100% focado para reter as informações.

Siga o seu cronograma de estudos e mantenha o equilíbrio: não deixe as matérias acumularem ao descansar demais, assim como respeite os seus limites. 

Lembre-se de que a quantidade de horas não mede o quanto você aprendeu, mas sim o quanto você foi produtivo.

Se você tem dificuldade de focar, que tal testar técnicas como o Método Pomodoro?

Escolha uma atividade que você deseja realizar. Você vai desenvolver essa atividade por 25 minutos ininterruptos, com atenção plena. Depois desse tempo, você vai descansar por 5 minutos.

O que fazer nesse tempo de descanso? A escolha é livre: você pode aproveitar para se alongar, dar uma “espiadinha” nas redes sociais, tomar um café ou água ou, simplesmente, descansar.

Ao final dos 5 minutos, você volta a fazer sua atividade por 25 minutos. Você vai repetir esse ciclo de “atividade + descanso” por quatro vezes. Na quarta vez, o descanso é mais longo: de 25 a 30 minutos.

Como calcular esse tempo?

Existem diversos aplicativos pelo celular que servem como cronômetro, como:

ícone do aplicativo Be Focused Be Focused

ícone do aplicativo Focus Keeper Focus Keeper

ícone do aplicativo Focus To Do Focus To Do.

Em navegadores, há opções como o Pomofocus e o TomatoTimer.

Tome notas

Anotar é uma forma muito eficiente para o aprendizado, pois nosso cérebro fica em estado de alerta enquanto escrevemos.

Por isso, não se limite apenas à leitura e escuta. Aprenda de uma forma ativa e tome notas durante sua jornada de estudos.

Ainda, tomar notas é uma forma de você desenvolver a sua criatividade. Dentro do Instagram, há uma comunidade chamada Studygram. Nela, estudantes compartilham suas experiências de estudo, dicas de motivação e, é claro, suas anotações, cheias de criatividade e personalidade que nos motivam a estudar.

Atualmente, a hashtag #studygram conta com mais de onze milhões de publicações.

Cuide da sua saúde

Para ter bom proveito nos estudos é preciso cuidar da sua saúde física e mental. Assim, cultive hábitos saudáveis.

Se possível, pratique atividades físicas regularmente. Mantenha uma alimentação equilibrada. Beba bastante água e regule suas horas de sono.

Outra questão importante é incluir momentos de descanso e diversão na sua rotina.

Esses passos vão contribuir significativamente para o seu desempenho.

Conclusão

Neste artigo, observamos que estudar em casa exige esforço, porém, é bastante vantajoso, uma vez que permite mais flexibilidade na rotina e a utilização de tecnologias que contribuem para os estudos.

Crie um cronograma, respeite os seus limites, fuja das distrações e, acima de tudo, mantenha-se firme no seu propósito! Com essas dicas sobre como estudar em casa, você terá uma boa base para ter sucesso no EAD. 

Se você gostou, aproveite para acompanhar outros conteúdos do blog EAD PUCPR.

New call-to-action

Inscreva-se no Blog do EAD PUCPR

New call-to-action

Saiba como virar
um grande profissional:

ead pucpr
O que você achou dessa publicação?
Deixe seu comentário aqui.